segunda-feira, 31 de maio de 2010

Deus ou Gênio da Lâmpada?

Conheça um pouco mais sobre a palavra de Deus na sua essência através do video do Hermes Fernandes onde é abordado o proveito que muitos tentam tirar de sua relação com Deus, como se este fosse o gênio da lâmpada. Vale a pena conferir...!

Justiça Eleitoral do Rio torna Garotinho inelegível e cassa mandato de Rosinha

O TRE-RJ (Tribunal Regional Eleitoral) do Rio de Janeiro cassou o mandato da prefeita de Campos dos Goytacazes, Rosinha Garotinho (PR), por abuso do poder econômico. A decisão também torna ela e seu marido, o ex-governador e pré-candidato ao governo Anthony Garotinho (PR), inelegíveis por três anos.

Como o prazo da inelegibilidade conta a partir da eleição, ela vale até 2011.

Para a Justiça, a prefeita foi beneficiada por "práticas panfletárias" da rádio e do jornal "O Diário" na eleição de 2008. Como Rosinha teve mais de 50% dos votos, o tribunal pediu novas eleições. O casal já recorreu e, com isso, a cassação da prefeita é suspensa.

"Os fatos foram inadmissíveis. O pleito eleitoral tem que ter uma lisura absoluta, trata-se de um direito da sociedade", afirmou o presidente do TRE, Nametala Jorge, que desempatou o julgamento que estava em 3 a 3.

Na decisão, os radialistas Linda Mara da Silva, Patrícia Cordeiro Alves e Everton Fabio Nunes Paes também se tornaram inelegíveis.

Outro lado

Em seu blog, Garotinho afirma que a decisão é mais uma covardia contra ele. Segundo ele, foi um julgamento político.

"É bom deixar claro, que a decisão não tem aplicação imediata, ou seja: somente após analisado e julgado o mérito pelo TSE, é que a prefeita teria que deixar o cargo. O mesmo caso se aplica mim", afirma.

Para ele, a decisão vai de encontro à jurisprudência do TSE. O ex-governador ainda reclama do fato de a sessão ter sido antecipada. "O julgamento de hoje, é mais um capítulo da longa história de perseguições que venho sofrendo ao longo da minha vida política."

Fonte: Folha Online
-------------

Humor: Procure no Google




Pastor Manoel Ferreira: "Se Crivella entrar por uma porta, eu saio por outra"

O Pastor Manoel Ferreira, pré-candidato do PR ao Senado, disse nesta quinta-feira ser impossível ele trocar sua candidatura ao Congresso pela vaga de vice na chapa de Anthony Garotinho (PR), postulante ao governo do Rio, a favor de uma aliança de seu partido com o também pré-candidato a senador Marcelo Crivella, do PRB.

De acordo Manoel Ferreira, apenas uma condição o levaria a aceitar uma coligação com Crivella: que o senador trouxesse para a aliança, além do PRB, o PTB e o PDT, por enquanto dados como certos na base de apoio à reeleição de Sérgio Cabral (PMDB).

- Inclusive já disse isso ao (ex) governador (Garotinho). Se o Crivella entrar por uma porta, eu saio por outra. Minha candidatura ao Senado tem o caráter irrevogável. Mas sei que estou num jogo. E num jogo ninguém tem certeza de nada - disse Ferreira. - Só se ele trouxesse o PDT e o PTB, além do PRB, poderíamos conversar - continuou.

Mesmo se Crivella conseguisse atrair o PTB e do PDT, no entanto, Manoel Ferreira diz que sua candidatura seria mantida.

- O Crivella seria o segundo candidato ao Senado da chapa - afirmou o pastor, sugerindo que, se o PDT entrasse na coligação, poderia indicar o candidato a vice, propondo o nome do deputado Wagner Montes (PDT).

Até agora, nem Garotinho nem Crivella anunciaram alianças, continuando isolados. Ambos vêm conversando, no entanto, sobre uma possível coligação. Mas Crivella e Manoel Ferreira, além de pertencerem a grupos evangélicos diferentes, carregam divergências do passado, como nas eleições municipais de 2008, quando Ferreira fazia campanha para o adversário de Crivella, o agora prefeito Eduardo Paes (PMDB).

Além da exigência a Crivella para que atraia outros partidos, o próprio Garotinho, no lançamento de sua pré-candidatura, em abril, já havia imposto condições para o apoio à pré-candidata à Presidência Dilma Rousseff (PT). Entre elas, se os petistas trouxessem para o lado do PR partidos aliados do governo, de olho no mesmo PDT.

Fonte: O Globo Online
------------------

Justiça condena Igreja Universal a indenizar idosa agredida por Pastor durante culto

O Tribunal de Justiça de Goiás proferiu acórdão em que manda um pastor da Igreja Universal do Reino de Deus a indenizar uma idosa que foi agredida durante um culto religioso. O ato violento do pastor teria ocorrido em sessões de “exorcismo”.

Em primeiro grau, a sentença proferida pelo juiz de Direito Eduardo Walmory, da comarca de Piracanjuba (GO) julgou improcedente o pedido da autora, que relatara ter “passado por vergonha, revolta, indignação e depressão, em face dos danos físicos a ela causados pelo pastor Rones da Conceição Morais”.

Instisfeita com a sentença, Ana recorreu ao TJ de Goiás alegando ser “idosa, viúva, de origem humilde e de pouca instrução, e que, embora não sendo evangélica, procurou o templo em busca de solução para males de sua vida”.

Segundo ela, quando se dirigiu ao altar para ofertar quantia em dinheiro para a igreja, foi sacudida, agredida e arremessada ao chão, sem depois receber sequer auxílio quando se viu machucada.

Referindo-se ao ato do pastor Rones como exorcismo, a autora afirmou que jamais pediu para ser alvo do mesmo, porque não acreditava nem alegou estar possuída por demônios, e, mesmo que assim o fosse, tal não justificaria as agressões.

A Igreja Universal defendeu-se dizendo que “a fiel teve apenas um desmaio, caindo no chão sem dar chance de que se evitasse a queda”, e que houve prestação de auxílio.

Para o desembargador Carlos Escher, relator da apelação no TJ-GO, mereceu prevalência o relatório médico feito logo em seguida ao acontecimento, dando conta de que as lesões teriam sido acarretadas por agressão física, o que – corroborado por fotografias – tornou sem sentido as explicações da ré.

Segundo o magistrado, “estando o pastor ciente da fragilidade da saúde da autora, como alegado na contestação, deveria conduzir suas práticas religiosas de modo a assegurar a segurança dos participantes, mesmo tendo eles voluntariamente adentrado ao templo”.

O magistrado discorre revelando saber que “nas práticas denominadas de libertação de espíritos malígnos, muitas vezes ocorrem acometimentos de desfalecimentos dos seguidores durante a ministração de seu tratamento espiritual.”

Desse modo, entenderam os julgadores do tribunal goiano que a Igreja Universal deve se cercar de cuidados para evitar lesões às pessoas que, nos cultos, são privadas de seus sentidos durante as ministrações, até mesmo porque em caso análogo, de Minas Gerais, uma pessoa chegou a fraturar um membro, vindo a receber indenização da entidade.

Reconhecida a responsabilidade objetiva da Igreja Universal, a quantia reparatória dos danos morais foi, ao final, arbitrada em R$ 8.000,00.

Fonte: Bem Paraná
------------------

Cenas do Mundo: Terremoto atinge as Filipinas

Um forte terremoto de magnitude 6 atingiu nesta segunda-feira (31) a região do golfo de Moro, nas Filipinas, segundo o Centro de Pesquisas Geológicas dos EUA. O tremor ocorreu às 18h02 locais (7h16) de Brasília, a 33 km de profundidade. O epicentro está a 45 km da cidade de Cotabato. Ainda não há informações sobre danos ou vítimas, nem foi emitido alerta de tsunami. As autoridades sismológicas filipinas afirmaram que o tremor pode causar danos em prédios antigos, mas não mais do que isso, e não era esperado tsunami.

Fonte: G1
----------

domingo, 30 de maio de 2010

"Dai a Cesar o que é de Cesar", que falácia é esta que os pastores inventaram para arrecadar mais dinheiro do povo do que já arrecadam?!

Dai a Cesar o que é de Cesar, e daí a Deus o que é de Deus, um conhecido versículo de Mateus 22:2 que virou fonte de embuste, a mesma trapaça que os fariseus juntamente com os herodianos tentaram tramar contra Jesus, hoje se tenta tramar contra os menos avisados, e olha que tem que ser muito desavisado, pois o texto escolhido fala por si só e é de fácil interpretarão, não precisa ser um phd em teologia para compreender do que trata o texto.

Mas vejamos o texto na integra, sobre o que falava e qual sua aplicação:

Mateus 22:15 - “Então os fariseus se retiraram e consultaram entre si como o apanhariam em alguma palavra; e enviaram-lhe os seus discípulos, juntamente com os herodianos, a dizer; Mestre sabemos que és verdadeiro, e que ensinas segundo a verdade o caminho de Deus, e de ninguém se te dá, porque não olhas a aparência dos homens. Dize-nos, pois, que te parece? É lícito pagar tributo a Cesar, ou não? Jesus, porém, percebendo a sua malícia, respondeu: Por que me experimentais, hipócritas? Mostrai-me a moeda do tributo. E eles lhe apresentaram um denário. Perguntou-lhes ele: De quem é esta imagem e inscrição? Responderam: De Cesar. Então lhes disse: Dai, pois, a Cesar o que é de Cesar, e a Deus o que é de Deus. Ao ouvirem isso, ficaram admirados; e, deixando-o, se retiraram.”

Os herodianos e os fariseus eram inimigos ferrenhos de Jesus e por isto, ensinavam o povo a pegar Jesus em alguma contradição ou com lei mosaica que ainda estava em vigor ou com as leis nacionais cuja autoridade máxima era César, pois bem, estes se chegam a Jesus e cobrem-lhe de lisonjas para então lançar uma questão que, segundo eles, não tinha saída: É lícito pagar tributo a Cesar, ou não?

Se Jesus respondesse que sim, concordaria com a injustiça e opressão romana, se dissesse que não, entraria em contradição com as leis romanas, mas Jesus percebeu a má intenção deles e os repreendeu, em seguida pega um denário, (moeda que trazia imagem de César cunhada demonstrado que era propriedade de Cesar) e argumenta se tem estampado o rosto de Cesar é porque é dele, dê a ele, no entanto, deve ser dado á Deus o que é de Deus demonstrando que como Jesus, todo o homem tem compromisso com o governo sim, mas tem também deveres para com Deus, deveria ser dado á Deus o que lhe pertencia e não era dinheiro, pois jamais se encontrará o rosto de Deus em dinheiro algum, aos governantes pertenciam os impostos e seus podres poderes, mas a Deus pertence à honra, a glória, o louvor, o poder, a salvação, etc. Apocalipse 19:1, a glória o domínio I Pedro 4:11, todo judeu deveria se apresentar diante de Cesar com tributos em dinheiro, mas diante de Deus com salmos de louvor e ações de graça Salmo 95:2. Apresentemo-nos diante dele com ações de graças, e celebremo-lo com salmos de louvor.

Será razoável alguém pagar pela salvação oferecida na cruz? Com certeza seus recursos acabariam antes Salmo 49:8 (pois a redenção da sua vida é caríssima, de sorte que os seus recursos não dariam;) não se paga imposto para Deus, pois Ele mesmo é o dono de tudo, e se Ele tivesse alguma necessidade não nos procuraria Salmo 50:12 - Se eu tivesse fome, não to diria pois meu é o mundo e a sua plenitude.

O que Jesus estava fazendo era separando uma coisa da outra, o governo e seus poderes, da espiritualidade de todo indivíduo, eram coisas distintas, o governo deveria ser respeitado e honrado através de impostos, e Deus deveria ser exaltado e honrado com uns valores espirituais. Uma era a glória passageira e efêmera de César outra era a glória de Deus que não murcha nem fenece.
Posto isto, que, aliás, acredito ser ponto passivo de todo cristão, desprezo com abominação o uso de tal texto para fins lucrativos e espúrios de que quer que seja traduzindo que uma parte do dinheiro (que tinha somente o rosto de Cesar e as inscrições de Cesar e jamais de Deus) deveria ser dada parte para Cesar e parte para Deus, seria porventura Deus mais um cobrador de impostos?

Se fosse, a quem Ele enviou para recolher estes impostos? Jesus que não era, pois ele estava pagando e não cobrando, o povo judeu? Não, eles odiavam os cobradores de impostos os chamando de publicanos, (judeu que cobrava imposto de judeu a serviço de Roma, eram considerados traidores pelos seus patriotas e também a classe mais degradante e pecaminosa) Publicano no grego é Telone e no aramaico Hishar que nesta língua significa o que cobra dízimo e ocorre 21 vezes no N. T - Mt. 5:46,47; 9:10,11 ; 10:3, 11:19 ; 18:17; 21:31,32; Mc.2:15,16; Lc.3:12; 5:27,229,30; 7:29,34; 15:1; 18:10,11,13. (Fonte: dicionário da bíblia do Pastor Demétrio fraiha – membro honorário da academia cristã de letras)

Meu esforço é no sentido de não acusarem á Deus de “cobrador de imposto” lançando sobre ele o ônus de suas ganâncias.

Diga-se de passagem que os que tem obrigação de pagar imposto são os alheios e não os filhos.

“Tendo eles chegado a Cafarnaum, aproximaram-se de Pedro os que cobravam as didracmas, e lhe perguntaram: O vosso mestre não paga as didracmas? Disse ele: Sim. Ao entrar Pedro em casa, Jesus se lhe antecipou, perguntando: Que te parece, Simão? De quem cobram os reis da terra imposto ou tributo? dos seus filhos, ou dos alheios? Quando ele respondeu: Dos alheios, disse-lhe Jesus: Logo, são isentos os filhos. (Mateus 17:24 a 26)

Fonte: Blog do Osni
--------------

Marina diz que não vai usar Igreja como palanque

A pré-candidata do PV à Presidência, Marina Silva, participou neste domingo de um culto da Assembléia de Deus, em Mogi Guaçu, no interior de São Paulo.

Apesar de os discursos que a antecederam terem tido clara conotação eleitoral, ela disse que não vai usar a igreja para fazer campanha.

- Eu tenho dito que não vou fazer do púlpito palanque. Por isso, fiz questão de falar aqui com a palavra de Deus.

O pastor Dilmo dos Santos, candidato a deputado estadual, praticamente "elegeu" Marina em sua fala.

- A senhora não será a futura, mas a próxima presidente do Brasil - afirmou.

Em quase 40 minutos de pronunciamento, Marina se limitou a falar de sua trajetória de vida, sempre pontuada por trechos da bíblia. Somente no final, ela fez referência às eleições.

Depois de assumir o compromisso de não misturar religião e polícia, a pré-candidata pediu aos presentes que não "satanizassem" seus adversários, José Serra e Dilma Rousseff.

- Eu não quero que façamos qualquer tipo de satanização com aqueles que não partilham da mesma fé em Deus. O mesmo Deus que me ama é o Deus que ama a Dilma, ama o Serra e ama todas as pessoas - pediu.

Em entrevista, Marina afirmou não ter medo de ser acusada de usar a sua condição de evangélica para levar vantagem nas urnas.

- Eu não temo. É por princípio. Isso não é de agora. Isso foi sempre desde que me converti - declarou.

A presidenciável evitou criticar Serra e Dilma por participarem de eventos evangélicos.

- Essas pessoas são convidadas, se são convidadas, cada um faz o desempenho que lhe aprouve -
disse.

O culto acabou por volta das 11h30m e Marina seguiria ainda na tarde deste domingo para Brasília.

Fonte: O Globo
--------------------

Dica de Música: Yolanda Adams - Amazing Grace

Coisas que Deus nunca prometeu

A lista das coisas que Deus nunca prometeu é enorme. A criatividade duvidosa dos vendedores da fé ultrapassa todos os limites. Prometem o que Deus nunca prometeu, vendem o que Ele nunca comprou e dizem - em nome de Deus - o que o próprio jamais disse. Esse é o estelionato religioso, produto mercadológico dos "irmãos Metralhas" da celestialidade bandida.

Quantas vezes você já ouviu um pregador prometer milhões de coisas antes de pregar? Aí pergunto: e se Deus não quiser fazer nada naquela noite? Quem poderá forçá-lo a fazer? Por causa do surto milagromaníaco que invade as igrejas/empresas da autoajuda sagrada de hoje, esses camelôs eclesiásticos insistem em vender quinquilharias religiosas aos moribundos psicológicos que frequentam os shoppings/templos cotidianos.

Virou mania chamar para si prerrogativas divinas. Já não basta ser apenas um homem de Deus, é preciso ser uma espécie de super-herói, de quebra-galhos divino, um mágico celestial que confunde Deus com um gênio da lâmpada. Muitos preferem ser uma espécie de anjo Gabriel com surto de idiotice a ser gente de Deus andando na terra sobre o chão da humildade.

Deus nunca prometeu facilidades. A vida cristã é caminho de cruz. É andar nas trilhas íngremes das tribulações. É aprender a morrer. Jesus chama seus discípulos e avisa: "Vou rogar ao Pai e ele vai enviar outro Consolador" (Jo. 14. 16). Ora, consolo não é para quem está na festa, no shopping ou no parque de diversões, mas para quem está no luto, na crise, na dor. Essa é a promessa que Jesus fez: Preparem-se para as perdas! O Consolador é uma certeza!

Deus nunca prometeu sucesso em tudo. Principalmente o sucesso sob o ponto de vista da sociedade estranha de hoje. Sucesso para Deus é um retorcido numa cruz salvando o mundo de seus pecados! A lista das bem-aventuranças mostra o tipo de gente que Jesus abençoou com o adjetivo "Felizes": pobres de espírito, os que choram, mansos, famintos e sedentos por justiça, misericordiosos, puros de coração, pacificadores, sofredores e os injuriados e perseguidos pela causa de Cristo (Mt. 5. 3-11). Ou seja, dessa lista exclui-se grande parte dos líderes religiosos dessa igreja/circo da atualidade.

Deus nunca prometeu uma série de outras coisas que se inventam todos os dias nas igrejas. Por exemplo, ele nunca prometeu compensação imediata em troca das ofertas (o próprio termo "ofertar" já implica um doar desinteressado). Ofertas, na Bíblia, sempre vêm acompanhadas de sacrifício (viúva pobre, por exemplo (Lc. 21. 1-4)). Hoje, oferta-se não mais com a dor do sacrifício, mas com a ansiedade do retorno. Já não é oferta, mas investimento no banco da celestialidade.

Não quero as promessas dos empresários de deus. Quero permanecer firme nas promessas do meu salvador. Principalmente na maior de todas: "Eis que venho sem demora" (Ap.22.12).


Fonte: Blog do Prof. Alan Brizotti
-----------------

Divulgada carta de renúncia do Silas Malafaia ao cargo de 1º Vice-Presidente da CGADB

À seguir, transcrevemos na íntegra a carta apresentada pelo pastor Silas Malafaia, constando do seu pedido de desligamento, renúncia do cargo de 1º Vice-presidente, e um pouquinho de "farofa no ventilador":

Silas Lima Malafaia, brasileiro, casado, Pastor Evangélico, Presidente da Igreja Assembléia de Deus da Penha, Vice-Presidente do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil e Presidente da Associação Vitória em Cristo, membro da CGADB registrado sob o nº 005887, vem, em atendimento ao disposto no art. 7º, inciso IV do Estatuto da Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil e seus demais artigos, em termos e tempestivamente, requerer seja realizada a

N O T I F I C A Ç Ã O E X T R A J U D I C I A L
para fins específicos de

P E D I D O D E D E S L I G A M E N T O E R E N Ú N C I A

da Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil, de sua Mesa Diretora e seu Presidente - Pr. José Wellington Bezerra da Costa, com fundamento nas razões de fato de direito que passa a expor:

1 – A CGABB - Notificada, como é de conhecimento geral, tem como uma de suas finalidades inscrever e credenciar como membros, os ministros das Assembléias de Deus no Brasil, exercendo ação disciplinar sobre os mesmos, conforme normas estabelecidas neste Estatuto e Regimento Interno; (Art. 3º, inc. IX, Estatuto da CGADB)

2 – Considerando tal fato e minha condição à época, de Vice-Presidente da Igreja Assembléia de Deus da Penha, tornei-me membro regular e atuante da Convenção Evangélica das Assembléias de Deus no Estado do Rio de Janeiro - CEADER, e, por conseguinte, da própria CGADB, tendo sempre atuado em conformidade com suas diretrizes e normas; (Art. 5º e Art. 5º § 3º, Estatuto da CGADB)

3 – Durante todo o período em que fui membro da CGABB - Notificada, cumpri integralmente meus deveres estatutários (Art. 8º, Estatuto da CGADB), bem como nunca pratiquei nenhuma das condutas vedadas pelo Estatuto Social da mesma; (Art. 9º, Estatuto da CGADB)

4 – Ao contrário, sempre atuando de maneira honesta, íntegra, inequívoca e cristalina, busquei o melhor para a CGADB – Notificada e seus membros. Precisamente por esse motivo, ainda no ano de 2008, me sentindo na obrigação de não ser omisso em relação ao descalabro financeiro vigente na CGADB – Notificada, formulei diversas denúncias, as quais foram integralmente reafirmadas no Plenário da Convenção da CGADB – Notificada no ano de 2009;

5 – Exatamente em razão da conduta reta, ilibada e cuidadosa, bem como em razão de meu indiscutível comprometimento com a CGADB – Notificada e seus membros, submeti, com sucesso destacado, meu nome ao crivo dos demais membros nas últimas eleições. Em razão de minha vivência enquanto Pastor Evangélico a frente da Igreja Assembléia de Deus da Penha, membro atuante da CEADER – Convenção Evangélica das Assembléias de Deus no Estado do Rio de Janeiro e da própria CGABB – Notificada, logrei ser eleito para o cargo de Primeiro Vice-Presidente da CGADB, o qual honrosamente ocupei e ao qual me dediquei com zelo e afinco inquestionáveis, realizando, com sucesso, todas as atribuições a ele destinadas;

6 – Entretanto, passados tantos anos, é com extremo pesar e o mais sincero desalento que, consternado, me vejo forçado a renunciar ao cargo de Primeiro Vice-Presidente da CGADB e a formular meu pedido de desligamento da mesma;

7 – Necessário se faz destacar que tão penosas atitudes têm como um dos motivos principais os desmandos administrativos, que fazem com que a CGADB – Notificada tenha hoje seu nome “negativado” junto aos órgãos de proteção ao crédito, padecendo até mesmo da suspensão de cheques para as contas bancárias da mesma e esteja, atualmente, com diversos tributos em aberto e não pagos;

8 – Não se pode olvidar que o maior patrimônio de um homem é o seu nome. Nesse sentido, textualmente, a Bíblia diz que: “Mais vale um bom nome a muitas riquezas” (Provérbios 22,1) e, ainda, “Cuida do teu bom nome, porque ele te acompanha, é mais do que milhares de tesouros preciosos.” (Eclesiastes 41,12);

9 – Nesse contexto, não posso aceitar que, de nenhuma forma, sob nenhum argumento, possa vir a ser responsabilizado, considerado envolvido ou conivente, em algum momento futuro, por questões que não tenho o poder de decidir, corrigir ou evitar, mas que, pela função por mim exercida, podem, ainda que indiretamente, atingir-me se, nada fizer;

10 – Nos exatos termos acima descritos, desde o ano de 2008 venho denunciando à Presidência, à Mesa Diretora e ao Conselho Fiscal, diversas e graves irregularidades, as quais depõem contra a CGABB – Notificada e que não podem ser toleradas. Tais denúncias, por oportunidade da última Convenção da CGADB, restaram integralmente comprovadas em trabalho realizado por comissão formada para esse fim, cujo relatório só foi aprovado com as ressalvas e obrigações de apresentar balancetes;

11 – Lamentavelmente, mesmo em face das denúncias que fiz e das conclusões obtidas e tornadas públicas na última Convenção da CGADB, o descalabro administrativo-financeiro continua. A mesma CGADB que exige de seus membros que tenham e mantenham seus nomes impolutos, hoje, pelos absurdos praticados em sua administração, não ostenta tal condição!
Sendo assim e por todo o exposto, considerando que é direito de qualquer dos membros da CGADB pedir o seu desligamento, desde que cumprindo com a obrigatória devolução da credencial e com a quitação de eventuais débitos na tesouraria da Convenção Geral (Art. 7º, inc. IV, Estatuto da CGADB), venho, pelo presente instrumento, na melhor forma de direito:

requerer meu desligamento da CGADB, assumindo, desde já, e expressamente, o compromisso de apresentar, em prazo razoável e menor possível, o documento de anuência da CEADER, quando então, deverei oferecer à devolução a credencial recebida por mim na Secretaria da CGADB mediante termo de entrega;

requerer minha renúncia do cargo de Primeiro Vice-Presidente da CGADB, para o qual fui eleito e cujas funções exerci até a presente data;

requerer à Mesa Diretora da CGADB que proceda, através de Resolução a ser publicada no Boletim Reservado, a homologação de meu desligamento; (Art. 30, inc. IV, Estatuto da CGADB)

Feita a NOTIFICAÇÃO ora pleiteada, venho requerer, ainda, a entrega a seu subscritor, independentemente de traslado, para fins de futuros procedimentos judiciais.

Termos em que,
Pede Deferimento.

Rio de Janeiro, 13 de maio de 2009.

Pr. Silas Lima Malafaia

Divulgação: Púlpito Cristão
---------------------------

Deputado respondendo processos criminais no STF é nomeado pastor da Assembléia de Deus em Manaus

Em meio a uma enorme convenção que movimentou a cidade de Manaus e engarrafou o aeroporto com jatinhos de mega pastores, os membros da Assembléia de Deus foram surpreendidos ontem (29/05/10), no encerramento do evento, com a nomeação do deputado Silas Câmara, envolvido em diversas denûncias graves e processos ao cargo de pastor da AD.

A convenção, chamada pelos organizadores de a maior do planeta, durou uma semana e contou com a presença de pastores nacionais e internacionais e cantores de renome.

A convenção funcionou como um verdadeiro palanque politico com objetivos eleitorais locais e nacionais. O deputado federal Silas Câmara (agora também pastor), irmão do Pastor Samuel Câmara e do Pastor Jonatas Câmara, quer mostrar seu cacife político e o circo foi armado em Manaus e os jatinhos congestionaram o aeroporto, entre estes o de Silas Malafaia que fechou o evento com seu show religioso.

Silas Câmara, responde a processos criminais no Supremo Tribunal Federal (STF) por embolsar parte dos salários na Câmara dos Deputados, assim como fazia Wladimir Costa, seu colega dono de concessão de rádio, com seus funcionários. Esse processo está pendente de julgamento em razão de pedido de vista pelo Ministro Tofoli. O deputado também já foi investigado por envolvimento com o narcotráfico, contrabando, falsificação de dólares e dupla identidade e roubo de dinheiro público no superfaturamento de ambulâncias (CPI das Sanguessugas).

Normalmente, a nomeação ao cargo de pastor é precedida de criteriosa averiguação da vida pregressa do candidato ao cargo eclesiástico, o que nesse caso parece ter sido ignorada.

Segundo o portal G1: O deputado federal reeleito Silas Câmara (PTB-AM) responde a dois inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF). O de número 2005 investiga crime contra a administração pública, especificamente improbidade administrativa. Já o inquérito nº 1695 está sob segredo de Justiça.

Já segundo a Agência Brasil, mais segredos do deputado seguem transbordando no Supremo Tribunal Federal (STF) que recebeu do Ministério Público Federal (MPF) “denúncia contra o deputado federal acusado de falsidade ideológica e uso de documento falso”. O ministro Joaquim Barbosa, relator do inquérito (Inq 1695), apresentou as evidências e materialidade para “recebimento da denúncia e instauração de ação penal”:

“O relator, ministro Joaquim Barbosa, disse que o Ministério Público apurou que o número do registro geral na carteira de identidade do parlamentar não é compatível com a data de expedição em 1979. O número de série só teria sido alcançado em 1983. O deputado teria utilizado o documento para emitir procurações e promover alteração em contrato social de empresas. O parlamentar terá o direito contestar as provas apresentadas pelo Ministério Público.”

Fonte: Genizah
---------------

Vaticano ameaça padres pedófilos com pena no inferno

Foto por Vincenzo Pinto/29.05.2010/AFP

Papa Bento 16 em audiência especial no Vaticano; estudantes eseminaristas participaram de evento no qual falaram sobre pedofilia


Imagem da Igreja Católica foi manchada por pedofilia

Grupos de estudantes e seminaristas das universidades católicas de Roma participaram neste sábado (29), na Basílica de São Pedro, no Vaticano, de uma manhã de rezas por causa dos escândalos de pedofilia que abalam a Igreja Católica.

As orações foram conduzidas pelo monsenhor Charles Scicluna, principal pesquisador da Congregação para a Doutrina da Fé, encarregada de investigar os casos de pedofilia dentro do clero católico. Ele alertou os padres culpados dos abusos e disse que eles vão enfrentar uma “pena no inferno” mais dura que a dos outros pecadores.

Ele também disse que será dura com os sacerdotes envolvidos nesse delito.

Após as repercussões desastrosas e saída em massa de fieis da instituição, a Igreja Católica mudou seu discurso em relação aos casos de pedofilia. Agora o Vaticano responde as acusações, algo que antes não costumava acontecer e orientou seus seguidores a denunciar tais casos na Justiça comum.

O golpe nos procedimentos da Igreja Católica aconteceu quando, no fim de 2009, surgiu a revelação de que a instituição escondeu por mais de 30 anos abusos cometidos por padres.

O escândalo tomou tais proporções que o papa Bento 16 teve de se desculpar com os irlandeses, por meio de uma carta, em uma reparação considerada como não suficiente por muitos.

Neste ano, escândalos e suspeitas afastaram da igreja altos nomes de sua hierarquia e, na Alemanha, o bispo Walter Mixa, que foi nomeado ao posto que ocupava pelo próprio Bento 16.

As suspeitas de uma possível complacência do atual papa não foram descartadas, principalmente após a imprensa revelar documentos nos quais ele autorizava a transferência de um religioso suspeito e alertava para os perigos que tais casos poderiam representar para sua igreja.

Fonte: R7
-----------------

Lúcio, capitão da Seleção Brasileira conta seu testemunho

“A Bíblia é meu manual de instrução.” A frase convicta e edificante é de quem poderá erguer a tão esperada taça do hexacampeonato brasileiro na Copa do Mundo de 2010, realizada entre junho e julho, na África do Sul. O zagueiro e capitão da Seleção Brasileira, Lucimar Ferreira da Silva, o Lúcio, de 32 anos, é mais que um líder em campo. Natural de Planaltina (DF), ele também capitaneia a semeadura da Palavra de Deus entre os jogadores evangélicos que vestem a camisa amarelinha. E o grupo de boleiros seguidores da Bíblia não é pequeno. Inclui Kaká, Felipe Melo, Gilberto Silva, Luisão, Juan, Josué e até o auxiliar técnico Jorginho, presidente do ministério dos Atletas de Cristo.

Sempre após os jogos e treinamentos, eles se unem para momentos de pregação, oração e leitura bíblica. Se depender da fé, o hexa é nosso. A seguir, confira a entrevista exclusiva concedida pelo capitão Lúcio ao portal da SBB.

SBB: Há quanto tempo você é evangélico e como foi seu primeiro contato com a Bíblia?

Lúcio: Já faz 12 anos. Fui à igreja pela primeira vez com a minha mãe. Foi algo muito bom que aconteceu em minha vida e, graças a Deus, consegui me manter na igreja. Sou grato a Ele pela paciência e graça comigo e com minha família.

SBB: Costuma ler a Bíblia sempre na concentração antes dos jogos? E no ambiente da Seleção Brasileira?

Lúcio: Em geral, sempre que posso procuro ler a Bíblia, pois isso é algo que me ajuda todos os dias. Na seleção, fazemos as reuniões em horários livres sem interferir no trabalho da equipe.

SBB: Qual sua tradução bíblica preferida?

Lúcio: Aprecio muito a Almeida Revista e Atualizada.

SBB: Qual livro ou texto bíblico mais te inspira para jogar?

Lúcio: Minha passagem preferida é Efésios 6.10, que fala sobre a armadura de Deus. Pois é isso o que peço sempre a Deus, sua proteção.

SBB: Você acha que a fé em Deus pode influenciar num bom desempenho e conquistas dentro de campo? Por quê?

Lúcio: Creio sim que a fé é importante e, na minha vida, sempre fez a diferença. Mas com certeza o trabalho, a dedicação e o sacrifício no dia a dia são também, sem dúvida, fundamentais. Pois é dentro de campo que procuro fazer o meu melhor. O mais entrego a Deus.

SBB: Como é na Seleção Brasileira a convivência dos jogadores evangélicos com os não evangélicos?

Lúcio: Vejo todos como amigos e sei que Deus ama a todos da mesma maneira. A convivência é muito boa, com respeito, amor e, até hoje, esta receita tem funcionado muito bem.

SBB: O que você acha da restrição da Fifa às mensagens religiosas dentro de campo?

Lúcio: Temos, sobretudo, que respeitar. Mas creio que Deus vai nos dar uma forma de poder testemunhar seu amor ao mundo, lembrando que nosso próprio comportamento dentro de campo também pode ser usado por Deus para testemunhar.

SBB: O que a Bíblia representa na sua vida pessoal e profissional?

Lúcio: A Bíblia tem sido meu manual de instrução. Ela me ensina a andar de acordo com a vontade de Deus. E Deus sabe o que é melhor para nós. Ele tem me mostrado a salvação e me ajudado a conquistar vitórias na minha vida e meu trabalho. E minha maior vitória é ter Deus no meu lar, com minha esposa e filhos. Essa é nossa maior vitória.

Fonte: SBB
------------------

Filme baseado em romance de Karen Kingsbury - "Like Dandelion Dust" - estreia em Setembro nos EUA

A Downes Brothers Entertainment anunciou o lançamento para Setembro de seu novo filme Like Dandelion Dust com um novo site e trailer . O filme é a primeira adaptação de um romance de Karen Kingsbury, autora best-seller #1 de livros de ficção cristã.

O filme já recebeu mais de 30 prêmios de festivais nacionais e internacionais e será lançado nos cinemas americanos em 24 de Setembro.

Karen Kingsbury

Sinopse: Joey vive uma vida idílica com seus pais, na Flórida. Seus dias são preenchidos com brincadeiras com seus primos, velejar com o pai, e inventar histórias com a mãe. É uma vida perfeita até o dia em que recebe um telefonema perturbador: a decisão de um estranho pode tirar Joey deste conforto e segurança.

Uma família está determinada a manter o filho que ama, o outra está decidida a começar uma nova vida, a vida que sempre sonhou. O futuro de Joey repousa em suas mãos e que deve fazer a mais importante decisão de sua vida. Às vezes, o maior amor é deixar ir.
Like Dandelion Dust tem a participação de Mira Sorvino (vencedora do Oscar), Barry Pepper (Indicado ao Globo de Ouro), Kate Levering, Maxwell Perry Cotton e Cole Hauser. Direção de John Gunn (Mercy Streets). Roteiro de Stephen J. Rivele e Michael Lachance.
--------------------

SBB lança edição do Novo Testamento bilíngue chinês-português

A população da China é de quase um bilhão e meio de pessoas. No Brasil, os números da comunidade Sino-brasileira, composta por cidadãos brasileiros com ascendentes chineses e pessoas nascidas na China e radicadas no Brasil, varia, pela falta de registros oficiais de alguns imigrantes e problemas de declaração de nacionalidade, entre 250 e 350 mil.

São Paulo é a cidade com a maior colônia chinesa no país, principalmente nos bairros de Cambuci, Liberdade e Brás. Depois vem Rio de Janeiro e Curitiba. A religião dos chineses é popularmente divulgada como de maioria budista e taoísta. O país se declara oficialmente ateu. Com o crescimento da economia chinesa, cresce rapidamente o número de brasileiros que estudam o idioma chinês. Pensando em dados como estes, as Sociedades Bíblicas do Brasil (SBB) e de Hong Kong lançaram no mês de maio o Novo Testamento, Salmos e Provérbios Chinês-Português, única edição bilíngue nestes idiomas. Segundo os editores, a nova publicação da Palavra de Deus “atenderá à comunidade cristã chinesa do Brasil e brasileiros que estudam mandarim ou vivem na China”.

A obra utiliza as duas traduções mais apreciadas pelas populações da China e do Brasil: Revised Chinese Union Version (RCUV) – em mandarim com escrita simplificada – e Almeida Revista e Atualizada (RA), respectivamente. Cada uma das traduções, apresentadas lado a lado, foi feita a partir dos textos originais e reflete fielmente a mensagem bíblica. E também oferece uma seção com mapas bíblicos em chinês. A iniciativa ressalta a importância dos dois idiomas no cenário internacional: o português, dominante entre cerca de 250 milhões de pessoas, ocupa a 6ª posição no ranking dos idiomas mais falados no mundo; e o mandarim, que é o mais falado do planeta.

Mais informações divulgadas pela SBB por ocasião do lançamento:

“A China apresenta números grandiosos relacionados à sua população: um em cada cinco habitantes do planeta vive na China, representando um quinto da população mundial, estimada em 6,5 bilhões de habitantes. Sozinha, a China tem uma população duas vezes maior do que a da Europa inteira. Mais de 30% das pessoas com idade acima de 16 anos se denominam religiosos, quatro vezes mais do que há uma década.”

“A importância desta edição bilíngue é destacada por líderes religiosos chineses residentes no Brasil. "É o instrumento eficaz da própria Palavra de Deus para evangelização, especialmente para o chinês que vem da China, para ler nas horas vagas. Quando eles chegam aqui sofrem de muita solidão, não falam e não entendem o português", diz Wu Tu Hsing, médico da Universidade de São Paulo (USP) e pastor da Igreja Presbiteriana de Formosa no Brasil Tai-an (Grande Paz). Assim como os cristãos chineses que vêm para o Brasil, os brasileiros que fazem o caminho inverso também são alvo desta nova publicação.”

“Outro grupo que poderá se beneficiar com a novidade são os brasileiros que estudam mandarim, como endossa Chang Lien Chuan, pastor da Igreja Cristã Pão da Vida: "Essa edição é muito importante para a geração nova que fala mandarim e também para os brasileiros que estão em contato com a língua. Foi feita na hora certa para abençoar a população. E se vier a Bíblia completa, melhor ainda", arremata.”

Fonte: SBB e Missão Portas Abertas
-----------------------

Humor: As Noivas de Jesus


Brasil está insatisfeito com tratamento dado a brasileiros no exterior, diz ministro da Justiça

O ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, disse ontem (29) que o Brasil está insatisfeito com o tratamento dado aos brasileiros por autoridades de imigração de outros países. A afirmação foi feita durante palestra sobre migração no 3 º Fórum Mundial da Aliança de Civilizações das Nações Unidas, que termina hoje no Rio de Janeiro.

Segundo o ministro, todos os dias cidadãos brasileiros “sofrem constrangimentos, maus-tratos e prisões” quando tentam ingressar ou ficar em outros países. Para ele, é preciso que esses países respeitem os brasileiros, assim como o Brasil respeita os imigrantes que procuram o país.

“O Brasil tem hoje uma política de imigração coerente com sua história, já que somos um país formado por migrações. Por isso, o Brasil respeita os imigrantes e tem leis que transmitem esse reconhecimento com um tratamento digno e adequado às pessoas que chegam ao nosso país. Ao dar esse tratamento, também temos exigido que os brasileiros sejam tratados da mesma forma lá fora.”

Para o ministro, mesmo quando burlam as regras de imigração de determinado país, os brasileiros não devem ser tratados como criminosos. “Ainda que haja uma burla à norma migratória, isso não é uma matéria do direito penal. É uma norma do direito administrativo e assim deve ser tratado.” Na opinião de Barreto, nesta década o mundo regrediu em relação às políticas de imigração.


-------------

sábado, 29 de maio de 2010

U2 toca hino cristão “Amazing Grace” em nova turnê

A banda irlandesa U2 já é bastante conhecida por ter músicas com citações bíblicas e letras com mensagens positivas. Em sua nova turnê, 360°, mais uma vez Bono Vox surpreendeu aos fãs ao cantar o famoso hino cristão “Amazing Grace”.

Tocando guitarra, Bono canta o hino até a primeira estrofe (Maravilhosa graça/ quão doce é o som/ que salvou um naufrágo como eu/ Uma vez estive perdido, agora me achei/ Eu estava cego, mas agora enxergo). Depois a banda acompanha tocando a introdução da música “Where streets have no name”.

O hino, composto no século XVIII pelo inglês John Newton, é uma das músicas mais famosas dos Estados Unidos, sendo tocadas até em eventos do governo. O fato de a banda mesclar o hino com “Where streets have no name” se refere ao sentimento de Bono em relação a essa música.

Em uma entrevista concedida em 2005, Bono explicou que “Where streets…” é a música que eles “chamam” a Deus. “Esta é a música em que podemos ter certeza que, assim que tocarmos, Deus entra pela porta”, disse Bono.

Em 2005 a banda recusou ceder a música para um comercial de TV. Foi oferecido à banda 12 milhões de libras, porém Bono afirmou que o dinheiro seria bem vindo, pois ele iria doá-lo a uma de suas instituições na África, mas ele não teria ter associada a sua música a um comercial. Para a banda, esta é uma música “especial”, pois clama a Deus a Sua Presença.

Confira o vídeo:


Fonte: Gospel+
---------------

Pensamento


"Quem olha para fora, sonha; quem olha para dentro, desperta."


(Carl Young)

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Mulher destrói imagens sacras em igreja no Sul de Santa Catarina

Moradores sensibilizados com o ato vão custear a compra de novas imagens no valor de R$ 3 mil (Foto: Mauricio Vieira)

Uma mulher de 28 anos arrombou a porta da Capela Sagrada Família e destruiu seis imagens sacras nesta madrugada, na Zona Sul do Balneário Rincão, em Içara, no Sul de Santa Catarina. Ela entrou na igreja com os dois filhos, de quatro e 11 anos, segundo a comunidade.

O prejuízo foi estimado em aproximadamente R$ 3 mil, que serão pagos pelos moradores, sensibilizados pelo vandalismo.

Ao ouvir o barulho na igreja, os vizinhos chamaram o guarda noturno Zeferino dos Santos, de 57 anos. Ele conta que ao chegar ao local encontrou uma mulher, vestida com as roupas brancas dos ministros da Eucaristia, quebrando as imagens.

De acordo com o guarda, a mulher também usou uma cadeira para tentar atingir a imagem de Jesus Cristo pregado na cruz na parede atrás do altar.

— Me chamaram umas 2h30min da madrugada. Vi a mulher quebrando tudo e segurei ela lá até a polícia chegar. Nunca vi disso — lembra Santos.

De acordo com o coordenador da capela, Valdir da Rosa, foram destruídas duas imagens da Sagrada Família, duas do Sagrado Coração de Jesus, uma de Nossa Senhora Aparecida e um Anjo Miguel. Parte das imagens estava em pedestais e outra guardada no armário da sacristia. Cada imagem está avaliada, em média, em R$ 500.

Tentativa de furto

— Como se trata de material sacro enterrei ao lado da capela. Fiquei emocionado, triste por saber que existem pessoas assim. Ainda flagramos na bolsa da mulher castiçais e cálices que ela ia furtar — lamenta o coordenador.

Sensibilizados com o vandalismo dentro da igreja, o coordenador da capela comemora a iniciativa da comunidade em se mobilizar para comprar novas imagens. Ele acrescenta que empresários também entraram em contato com ele e se colocaram à disposição para ajudar.

O delegado de Içara, Fernando de Fáveri, aguarda o pároco da capela decidir se solicita ou não a abertura de um Termo Circunstanciado (TC), pois o ato de vandalismo foi cometido contra o patrimônio privado.

Até agora apenas um Boletim de Ocorrência (BO) foi formalizado. Em depoimento informal ao delegado, a mulher afirmou que quebrou as imagens porque estava perturbada. Caso seja instaurado um TC, ela deverá pagar cestas básicas, multa ou prestar serviços à comunidade.

Fonte: Click RBS
------------------

Olhando a tribulação na perspectiva de Deus

Paulo inicia o capítulo 5 de sua carta aos Romanos falando da paz que alcançamos como desdobramento da justificação que obtivemos mediante a fé pela Graça. No v.3 parte a, aparece uma expressão digna de nota “E NÃO SOMENTE ISTO”. Para o apóstolo, o nosso comportamento nas tribulações é que mostrará se realmente encontramos a paz de Deus. Logo em seguida, na parte b do versículo 3, temos uma expressão que ocorre três vezes no capítulo 5:1-11, “E NOS GLORIAMOS”. Paulo se alegrava, exultava também nas tribulações (“vos foi concedido não apenas o crer Nele, mas também o padecer por Ele” – Fp. 1:29). Quem na sua vida odeia a tribulação é porque ainda não se encontrou com a paz de Deus!

Em primeiro lugar, a tribulação produz perseverança. Sempre pensamos que a tribulação é algo improdutivo. Que não produz nada significativo. As escrituras nos advertem quanto a este equívoco. A tribulação produz, acrescenta, gera. O fruto dela é a perseverança, nos diz o texto.

Perseverança significa “permanecer sob”. Não é se livrar da tribulação, mas, sim, carregá-la. Suportar a tribulação como Cristo suportou a cruz. No dia em Paulo ousou pedir a Deus que afastasse dele a tribulação do espinho na carne, a resposta foi “a minha Graça te basta”. Quem suporta a tribulação recebe gratuitamente a suficiência da graça de Deus.

Em segundo lugar, a perseverança produz experiência. A vida cristã não é feita de palavras, mas de experiência. Não estou falando de experiência de vida, mas de experiência com Deus. Quem não é perseverante não experimenta nada!

E finalmente, a experiência gera esperança. A experiência produz esperança porque cada tribulação suportada já é um prelúdio da última vitória. Onde ainda há esperança, pode existir muita fragilidade, mas jamais haverá derrota.

Para aqueles que não têm a paz de Deus o caminho é muito diferente. Como disse Lutero: “Tribulação produz impaciência. Impaciência gera obstinação. Obstinação leva ao desespero. E o desespero confunde tudo”. Isso é o que acontece quando perdemos a Paz de Deus. Todavia, a tribulação só se transforma em esperança na vida daquele que tem a paz de Deus em seu coração. Pense nisso!


Fonte: Igreja Batista de Jequiezinho
-------------------

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Opinião: sobre o abandono do ministério pastoral


“Os pastores estão abandonando seus
postos, desviando-se para a direita e para a esquerda, com frequência alarmante. Isto não quer dizer que estejam deixando a igreja e sendo contratados por alguma empresa. As congregações ainda pagam seus salários, o nome deles ainda consta no boletim dominical e continuam a subir no púlpito domingo após domingo. O que estão abandonando é o posto, o chamado. Prostituíram após outros deuses. Aquilo que fazem e alegam ser ministério pastoral não tem a menor relação com as atitudes dos pastores que fizeram a história nos últimos vinte séculos”.

(Eugene Peterson)

Pastor da IURD larga tudo e faz filme pornô gay

Alexandre Senna, astro do pornô gay, com a esposa Sibele

O SBT repórter do dia 26/05/2010 relatou os avanços e retrocessos da indústria pornográfica no Brasil. E dentre os diversos assuntos, um chamou muito atenção a história de um pastor que faz filme pornô gay.

O nome dele é Leandro da Silva Trindade, mas atende pelo nome fantasia de "Alexandre Senna", é casado, tem dois filhos foi pastor da igreja Universal do reino de Deus e é relativamente jovem. O que me assusta nessa situação toda é a naturalidade como a mídia expõe o fato do camarada ter sido pastor e ter largado o ministério para fazer filme pornô.

O meu choque, não foi por ter visto isso na TV, eu já esperava coisa pior, mas foi por ver que ninguém mais leva a sério esse lance do ministro largar tudo e mergulhar em devassidão. Nem a mídia que normalmente pegaria esse gancho para bater no Bispo Macedo se abala mais com esse tipo de notícia.

A falta de crédito que essas denominações conseguiram estabelecer é um prejuízo sem igual na história da igreja brasileira. Isso tudo porque além de não oferecer discipulado aos seus membros, ainda os ordena sem nenhum critério espiritual, apenas por conta da demanda mercantilista. Chega de tirar pessoas direto da lama e colocar num trono, precisa haver um período de transição, senão o resultado é esse aí, um show de aberrações.

E no mais, tudo na mais santa paz!

Fonte: Blog do Pastor Márcio de Souza
-------------

Salmo 47

Batei palmas, todos os povos;
aclamai a Deus com voz de júbilo.
Porque o Senhor Altíssimo é tremendo;
é grande Rei sobre toda a terra.
Ele nos sujeitou povos
e nações sob os nossos pés.
Escolheu para nós a nossa herança,
a glória de Jacó, a quem amou.
Deus subiu entre aplausos,
o Senhor subiu ao som de trombeta.
Cantai louvores a Deus,
cantai louvores;
cantai louvores ao nosso Rei,
cantai louvores.
Pois Deus é o Rei de toda a terra;
cantai louvores com salmo.
Deus reina sobre as nações;
Deus está sentado sobre o seu santo trono.
Os príncipes dos povos se reúnem
como povo do Deus de Abraão,
porque a Deus pertencem
os escudos da terra;
ele é sumamente exaltado.

------------------

BOMBA:Valdemiro Santiago acusa Missionário R. R. Soares de ser racista e diz que Igreja Universal faz macumba. Assista o vídeo

O Apóstolo Valdemiro Santiago, fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus, perdeu espaço na Rede TV após o anúncio de que o missionário R.R. Saores fechou um contrato com a emissora no valor de cerca de R$ 200 milhões.

Valdemiro Santiago chamou o missionário de ‘Tio’, de racista e se diz perseguido por ele. O programa de Valdemiro dará lugar ao tradicional Show da Fé da Igreja Internacional da Graça.

Outro alvo de Santiago foi o Bispo Edir Macedo e a Igreja Universal. Ele chamou de macumba os chamados “atos proféticos” realizado pelos pastores da IURD. O apóstolo Valdemiro Santiago criticou ainda o pastor da Igreja Univesal quando este ensina fazer acordos com bandidos, em vídeo exibido pela Folha de São Paulo.

Vídeo: Valdemiro Santiago critica o Missionário R. R. Soares



Vídeo: Valdemiro Santiago critica o Bispo Edir Macedo



Fonte: Gospel Channel
-----------------

Evangélica, Marina não tem apoio da Assembleia de Deus

A Assembleia de Deus, maior igreja pentecostal do Brasil, com 8,4 milhões de fiéis segundo o Censo de 2000, não apoiará a pré-candidata à presidência da República Marina Silva (PV). "O fato de ser evangélica e candidata não é suficiente para a igreja apoiá-la", afirmou o pastor Joel Freire, que trabalha como missionário da Assembleia de Deus nos Estados Unidos.

Filho de José Wellington - presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil (CGADB) e suplente de Orestes Quércia (PMDB) -, Freire ressalta que Marina precisaria de "outros atributos", como ser "conhecida pela comunidade evangélica e provar que poderia ser presidente".

Evangélica desde 1997, Marina Silva é filiada à Assembleia de Deus, que possui uma estrutura complexa. A igreja, cuja origem data da década de 10 em Belém do Pará, é divida em centenas de ministérios. Divergentes entre si, eles mantêm pouca unidade política e ideológica e, provavelmente, não terão o mesmo candidato nessas eleições. Apesar de não revelarem abertamente a escolha, é quase certo que o eleitorado evangélico se dividirá entre Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB), tendendo mais para o tucano.

"As pessoas votam, cada vez mais, a partir da preocupação instrumental, do que dá fruto, do resultado imediato", afirmou Gedeon Alencar, especialista em ciência da religião e presbítero da dissidente Igreja Assembleia de Deus Betesda em São Paulo. Ele observa ainda que será diferente essa eleição: "Os evangélicos vão se dividir. Há duas décadas os evangélicos foram contra Lula, era mais definido".

Para Alencar, ganha apoio quem tem algo a oferecer. "Mesmo Marina tendo uma marca da Assembleia de Deus, no encontro em Santa Catarina (em maio), quem foi convidado para falar foi o Serra", disse. "Marina teria dinheiro para patrocinar? Não tinha. Então se dá ênfase para quem tem dinheiro para financiar", afirma.

Caráter laico

Lideranças do PV em São Paulo acreditam que o fator religião pode ajudar na conquista de mais votos. "Evidente que há uma identificação com os cristãos. Quero crer que isso pode ajudar", disse Maurício Brusadin, presidente do diretório do PV em São Paulo.

Mas é o discurso de tom laico que demonstra, para o cientista político da Unesp, Marco Aurélio Nogueira, o quanto a pré-candidata tenta "driblar e neutralizar" esse ponto.

"A fé é mais um ônus do que um bônus para ela", afirma. Para Nogueira, o fato de Marina ter opiniões de fundo religioso pode afastar um tipo de eleitor "mais racional", que apoiaria a causa do desenvolvimento sustentável. "Hoje, mais atrapalha do que ajuda. Tanto que ela não esta trabalhando esse ponto. A vitória dependerá muito das questões que vai privilegiar na campanha".

Fonte: Terra
------------------

O Deus de Misericórdia

"Graças ao grande amor do Senhor é que nós não somos consumidos, pois as suas misericórdias são inesgotáveis. Renovam-se cada manhã; grande é a tua fidelidade." (Lamentações 3:22-23)

"Conforme sua grande misericórdia, ele nos regenerou para uma esperança viva, por meio da ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos." (I Pe. 1:3).

A palavra usada no hebraico para misericórdia é hesed, que exprime a idéia de dois participantes numa aliança, sendo que o mais forte ajuda o mais fraco, em suas necessidades, a cumprir a parte que lhe cabe. Por isso, a misericórdia divina liga-se aqui à benignidade e à fidelidade de Deus.
No Novo Testamento, a palavra grega correspondente ao termo hebraico eleos, que aparece nos seguintes textos: Marcos 10.47-48; Lucas 10.36-37; Efésios 2.4-5; Filipenses 2.27; Hebreus 4.16. Em todos esses textos, a palavra significa uma ação compassiva para beneficiar o outro.

Contexto desta passagem:

O profeta Jeremias lamenta neste livro as consequências do pecado do povo de Israel, que se afastara de Deus em busca dos ídolos e agora experimentava uma terrível desolação após a invasão da Babilônia (Lamentações 1.1-3).

É nesse contexto que, apesar de tudo, Jeremias exalta a misericórdia do Senhor em favor dos pecadores, a Sua fidelidade ao pacto e a sua benignidade sem fim.

O nosso Deus é o O Deus de misericórdia porque...

Sua misericórdia não se esgota "jamais acaba...não têm fim"

Ou seja: Deus está sempre disposto a dar uma nova chance, a começar de novo. Mesmo no caso do povo de Israel foi assim: com a libertação do cativeiro babilônico, a história da nação foi retomada. É o que afirma o profeta nos versos 31-33.

Sua misericórdia sempre se renova "a cada manhã".

Essa afirmação faz-nos lembrar de outra: "o choro pode durar uma noite, mas a alegria chega de manhã".

A compaixão divina renova a nossa esperança, o nosso ânimo, a nossa disposição. No dia a dia da vida, carecemos de motivação para que cada manhã seja diferente. Deus ajuda-nos a ter uma nova visão a respeito dEle, da vida e de nós mesmos.

Sua misericórdia manifesta sua grandeza "grande é a tua fidelidade".

Temos um Deus fiel. Suas promessas serão cumpridas. Ele tem um propósito para as nossas vidas e para a Sua igreja. E esse propósito há de ser realizado.

Convém deixar claro que a misericórdia de Deus pode ser experimentada a partir do momento em que recorremos a Ele em contrição e arrependimento. Não há coração quebrantado que não obtenha, pela misericórdia de Deus, o perdão, a salvação e a graça.

Logo descobrimos que, conforme uma outra versão do mesmo texto de Lamentações, "as misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos".

Abra o seu coração ao Deus da misericórdia, hoje Ele deseja transformar sua vida...

Sua misericórdia não se esgotou para com você, Sua misericórdia se renova sobre você a cada dia, Sua misericórdia te revela o quanto Ele é grande!

Fonte: Falando Sério
-----------------------

Conheça o pastor que compõe a delegação brasileira

O Pastor Anselmo Alves, 51 anos, não tem o peso de Dunga na seleção brasileira. Não se trata também de um ilustre desconhecido. Evangélico da Primeira Igreja Batista de Curitiba, Anselmo é o guardião de um grupo influente de jogadores no elenco de Dunga. E já tem encontro marcado com os atletas em Johannesburgo assim que a seleção desembarcar na África.

Não foi possível encontrar o pastor entre os jogadores de Dunga no CT do Atlético-PR, quartel da seleção. O motivo: Anselmo Alves está na Itália e de lá parte na próxima semana para Johannesburgo.

A missão do pastor Anselmo é orar e encorajar os jogadores evangélicos, apontados como o núcleo forte da seleção. Entre os 23 convocados por Dunga, sete deles comungam da mesma fé: os zagueiros Lúcio e Luisão, os volantes Gilberto Silva e Felipe Melo, o lateral Daniel Alves, o atacante Luís Fabiano e Kaká.

Pastor Anselmo revelou que orou pela recuperação plena de Kaká e deve continuar com as orações durante a Copa. Desde o Mundial de 2002, o religioso acompanha a seleção. Naquele Mundial, ele foi decisivo na recuperação emocional de Lúcio, declarou o zagueiro.

“Lembro que ele estava arrasado com a falha que cometeu no gol de Owen no jogo contra a Inglaterra (o Brasil depois virou e venceu por 2 a 1, gols de Ronaldinho Gaúcho e Rivaldo, em confronto válido pelas quartas de final). O Lúcio chorou muito. Nos reunimos e oramos e ele se recuperou para os jogos finais”, contou o pastor em sua página na internet.

De 2002, passando pela Copa de 2006, a presença do pastor Anselmo tem sido constante nas andanças da seleção, em Eliminatórias e outros eventos. Sempre que a seleção está reunida em algum lugar do mundo, ele viaja até o local e ministra aconselhamento, faz um encontro diário, para estudar a Bíblia”, conta o pastor Rogério Leite em seu blog da Igreja Batista Passo D”areia.

“Alguns céticos e perseguidores do cristianismo falam contra, e até especulam que a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) paga as despesas de viagem e hotéis para o pastor Anselmo, mas todas essas despesas são pagas segundo ele, por amigos, irmãos da igreja e também jogadores de dentro e fora da seleção.”

Futebol no sangue
Anselmo, antes de se tornar pastor, era jogador de futebol. Nos anos 1980 atuou como ponta-direita do Atlético-PR, mas não teve sucesso como atleta profissional e abandonou a carreira.

Fonte: Estadão
---------------

Tá na Bíblia!


“Cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz. Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte.”

(Tiago 1:14-15)

Pastor Malafaia responde acusação de líder gay

Silas Malafaia, em resposta aos comentários do presidente do Grupo Gay da Bahia (GGB), Marcelo Cerqueira, afirmou que “os grupos de defesa dos homossexuais precisam aprender a lidar com os contrários, pois preconceituosos são eles quando rotulam os outros de homofóbicos”.
O líder da Assembleia de Deus, não chegou a comentar, através de e-mail enviado ao Terra, os ataques do líder gay à pré-candidata à presidência pelo PV, Marina Silva. Na resposta, ele também não citou Cerqueira.

Malafaia declarou ainda que “o grupo mais anti-democrático da pós- modernidade é o dos defensores da prática homossexual”. Segundo ele, estes grupos querem trazer para o Brasil uma nova modalidade de crime, muito praticado pelos nazistas e fascistas – o crime de condenar radicalmente quem defende opinião contrária à deles. “Eles não suportam a crítica, e fingem não saber a diferença entre criticar uma conduta e discriminar pessoas”, comentou o pastor.

Ele diz desconfiar ainda que os grupos homossexuais não suportam a crítica pelo simples fato de que, no fundo, não têm convicção do que são. “O homossexualismo é um comportamento, e ninguém nasce homossexual”, defende Malafaia, que é psicólogo.

Quanto às acusações de ser radical, ele devolve a qualificação aos militantes gays, dizendo que eles “tentaram de todas as formas junto ao Ministério da Justiça, censurar o meu programa de TV, a fim de tirá-lo do ar; e tentaram caçar-me no Conselho de Psicologia”.

O pastor ressaltou ainda que suas posições contra a prática homossexual se baseia na Bíblia, “o livro que representa a fé de 90% da população brasileira”, destacou. A oposição dos gays seria também a sua posição contra a aprovação da PL 122, que busca criminalizar a homofobia. “Os grupos homossexuais chamam-me de homofóbico. Ora, homofóbico é quem sofre de homofobia, que é classificada pela psiquiatria como uma doença que leva a pessoa a ter rejeição ou aversão aos homossexuais ou à homossexualidade. Isto, sim, é que é uma ofensa, e nem por isso eu entrei em qualquer instância judicial contra eles”.

No vídeo abaixo Malafaia mostra-se mais uma vez contra a prática homossexual em seu programa diário:



Fonte: Terra, Ismael Moura, Pátio Gospel Gospel+
-----------------------------

Foto engraçada: Tal pai, tal filho


Lady Gaga Gospel: Cantora promete disco espiritual

Lady Gaga sente-se mais ligada a Deus e garante que o seu novo disco será mais espiritual. Em entrevista ao jornal The Times, a cantora revelou o seu lado mais confessional: “Vivi recentemente a experiência de um milagre, em que eu me sinto muito mais ligada a Deus”.

É por isso que o novo registro musical não vai fugir à religião, nem à educação cristã que a cantora teve em criança. Ainda não tem título nem data de lançamento, mas a cantora promete que abordará a sua vida.

“Não vou falar muito [sobre o novo disco] porque quero que seja segredo até lá, mas a religião é [um tema] muito confuso para muita gente, e particularmente para mim, porque não há uma religião que não odeie ou não condene um certo tipo de pessoa, e eu acredito totalmente em todo amor e perdão, sem excluir ninguém”.

TvI 24Pátio Gospel Noticias
--------------

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Lula se encontra com R.R. Soares para angariar votos para Dilma

O presidente Lula conversou com o bispo Romildo Ribeiro Soares, conhecido como Missionário R. R. Soares, fundador da Igreja Internacional da Graça de Deus. É um momento de campanha, embora em horário de expediente, com vistas a reforçar a candidata Dilma junto ao público evangélico.

Tenta recuperar terreno onde o adversário, José Serra, já ciscou, nessa etapa da campanha disfarçada de “pré-campanha”. Fora do palanque do Dia do Trabalhador, que Lula dividiu com Dilma, Serra procurou os evangélicos, no dia 1º de maio. Em Balneário Camboriú (SC), participou do 28º Congresso Internacional de Missões dos Gideões Missionários da Última Hora.

Promovido pela Assembléia de Deus, o encontro reuniu milhares de fieis, sob a liderança do pastor Everaldo Pereira, do Partido Social Cristão (PSDC), que apóia Serra desde 2002.

Líder religioso que arrebata audiências na televisão, R.R. Soares apresenta o popular “Show da Fé”, transmitido pelas redes Bandeirantes e CNT. Ainda neste mês, ele estréia novo programa na Bandeirantes, agora em formato de talk show, no horário nobre que aluga desde 2003, a preços milionários.

R.R. Soares só perde em horas de aparição na tevê para o líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, apóstolo Valdemiro Santiago, que, por sua vez, arrebanhou fieis do bispo Edir Macedo, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus. R.R. Soares foi co-fundador da Universal e casou-se com a irmã de Macedo. Mas ambos romperam e ele fundou sua própria igreja.

Lula sabe que o voto evangélico tem participação expressiva na eleição e preocupa-se em aproximar a pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, do segmento.

Para se ter uma idéia do alcance desse eleitorado, o Serviço de Evangelização para a América Latina (Sepal), organização protestante de estudos teológicos, estima que a metade dos brasileiros será evangélica em 2020. A conta parte da premissa de que a taxa de crescimento dos evangélicos na próxima década continuará a mesma dos últimos 40 anos. Em 1960, os evangélicos eram 4% da população brasileira. Hoje calcula-se que sejam 24%.

André Soares, R. R. Soares, presidente Lula, Jorge Tadeu e David Soares

R.R. Soares

Em seu blog, o missionário comentou o teor da sua visita à Brasília:

'Fomos ontem à Brasília, DF, para uma reunião com o presidente Lula. Pude, dentre outras coisas, parabenizá-lo pelo trabalho que tem feito à frente do País. Aproveitei a oportunidade para convidá-lo para participar do programa “R. R. Soares e Você”, que estreia em junho, e o convite foi aceito'.

Fonte: O Galileo
-----------

Atenção: Não comente sobre sua vida sexual com os líderes da sua igreja, saiba por quê!

Muito se tem discutido sobre o que pode ou não dentro do relacionamento sexual dos cristãos casados (leia “O que um casal cristão (marido e esposa) deve ou não fazer na cama). Quanto ao que é ou não permitido na vida sexual dos crentes creio que muito daquilo que se repreende na atualidade está verdadeiramente ligado a atitudes medievais. Há muita discussão sobre o assunto: uns dizem que beijar na boca é o mesmo que fazer sexo, outros dizem que sexo anal é condenado em razão do ânus ter como único intuito o ato de evacuar, sendo assim a boca também não seria feita para beijar os órgãos sexuais, muito menos para praticar o beijo de língua. As mamas teriam o único objetivo de amamentar bebês...eu disse BEBÊS...não marmanjos crescidinhos e legalistas...rs

Muitos crentes têm um olhar crítico para quase tudo. Já escutei cada coisa! Ouvi falar na igreja que há uma mensagem subliminar no clássico de Walt Disney , intitulado “Pinóquio”. Quem não lembra desse garoto que desejava ser um menino de verdade? O que? Você não percebeu nenhuma mensagem subliminar? Não reparou no nariz do Pinóquio? Provavelmente foi a visão de algum repressor do sexo masculino...rs.

Grande parte dos que condenam sexo oral tem verdadeiro desejo de praticá-lo (aceite ou não!) outros não querem praticá-lo por vários motivos: aversão, nojo, trauma, constrangimento e por aí vai. Há o grupo dos que já sentiram ou sentem imenso prazer em receber sexo oral porém não conseguem conceber a ideia de oferecê-lo a seu cônjuge... Creio que o principal motivo pela repugnância de tal ato seja a falta de amor pela esposa (o). Quando você não ama o outro, tudo parece feio, nojento, ruim, chato e inconveniente...aí você usa aquele versículo paulino "tudo me é permitido mas nem tudo me convém." Antes de utilizar versículos bíblicos para fundamentar suas convicções estude um pouco de hermenêutica bíblica para entender em que contexto as palavras foram colocadas. Caso contrário fique sabendo que texto sem contexto é pretexto!

Postei no Libertos do Opressor a reportagem sobre o escândalo dos abusos sexuais do pastor Elimar Gomes Alves da Igreja Assembly of God Fellowship, Ministério de Madureira em Everett – Boston (leia aqui). Imagino que algumas daquelas irmãs abusadas pelo tal "pastor" deviam estar sendo aconselhadas acerca de problemas na área sexual, concluo em razão do pastor ter declarado que Deus o ungiu para tocar em sua genitália...que aberração! Parece-me ingenuidade das irmãzinhas mas de certo modo consigo entendê-las em virtude de algumas denominações considerarem seus líderes como autoridades sobre suas vidas, como se fossem detentores de infalibilidade, como os Papas no catolicismo. Há muitos pastores mandando e desmandando na vida particular das suas ovelhas, é o chamado “abuso espiritual” (no caso citado culminou em abuso sexual).

Sei que não se pode generalizar, pois essa tal "unção na genitália" não ocorre com todo pastor mas na dúvida é melhor não dar chance a atitudes "carnais" de alguns indivíduos que se dizem autoridades espirituais. Cuidado com essa falácia da “cobertura espiritual” sobre sua vida...é tudo conversa para aprisionar o rebanho e torná-lo cada vez mais cativo.

Fato é que a vida sexual dos casados não deve ser comentada com líderes, pastores ou seja lá quem for dentro da igreja. É bem verdade que o casal deve conversar e chegar a uma conclusão juntos, pois torna-se impossível uma convivência harmoniosa quando duas pessoas não entram em acordo.

Cabe ressaltar que se um dos cônjuges estiver passando por algum problema na área sexual deve recorrer a ajuda de profissionais competentes e capacitados para um tratamento físico ou psíquico. A medicina foi criada por Deus para o benefício da humanidade (aqui também entra o cuidado de procurar bons profissionais que não tenham problemas com o CRM ou com processos judiciais...se você não sabe também existem médicos envolvidos em crimes sexuais) .

Quanto a vida sexual dos casados o melhor conselho ainda continua sendo ORAR a Deus e conhecer seus pensamentos através da Bíblia, com o cuidado e examinar as escrituras com zelo e sabedoria!

Fonte: Libertos do Opressor
----------------------------

terça-feira, 25 de maio de 2010

Comercial de cerveja para a Copa provoca polêmica ao mostrar Deus como argentino

Um comercial da cerveja Quilmes, patrocinadora oficial da seleção de futebol da Argentina, provoca polêmica ao mostrar “Deus” como sendo argentino. A propaganda, entitulada "Diós", passou a ser veiculada neste fim de semana na Argentina relaciona Deus a momentos marcantes da seleção na história das Copas.

No comercial, uma voz vinda dos céus fala à população que foi sim responsável por lances históricos nas Copas do Mundo, como a bola na trave que evitou a derrota da Argentina para a Holanda no último minuto da final da Copa de 1978, ou a série de bolas que chutadas na trave pelos jogadores do Brasil.

A propaganda segue mostrando lances decisivos protagonizados pelos argentinos, como os pênaltis defendidos pelo goleiro Goycoechea, também em 1990, o golaço de Maradona driblando vários ingleses, em 1986, o gol do título da final daquela Copa, marcado por Burruchaga contra a Alemanha, e o gol de Palermo em pleno temporal no final da partida contra o Peru, nas Eliminatórias para a Copa de 2010, que salvou a Argentina na ficar de fora da Copa. E “Deus” diz: “Não, isso não fui eu!”. O comercial termina pedindo ao povo argentino para torcer e amar as cores da seleção acima de tudo.

Assista o comercial:



Fonte: G1
-----------

Dica de Filme: Jornada pela liberdade (Amazing Grace)

A vida de William Wilberforce (Ioan Gruffudd) é a história de como a perseverança e a fé de um homem mudaram o mundo. Líder do movimento abolicionista britânico, o filme mostra a luta épica para criar a uma lei com o objetivo de acabar com o tráfico negreiro. Durante esta jornada, Wilberforce encontra oposição intensa dos que acreditavam que a escravidão estava diretamente ligada à estabilidade do império britânico. Em seus amigos, incluindo John Newton (Albert Finney), um ex-capitão de navio negreiro que compôs o famoso hino Amazing Grace, encontrou suporte para continuar lutando pela causa.

Assista o Trailer do Filme Amazing Grace, título no Brasil - "Jornada para Liberdade":

A pastora das desgarradas: Como Priscila Mastrorosa atrai para a igreja bola de neve polêmicas musas do imaginário masculino

Mudança: Priscila passou a adolescência surfando e fumando maconha. Até a conversão

Jesus Cristo era um personagem vip. Tinha um temperamento tão agradável que na primeira vez que encontrou seus discípulos os convidou para ir à balada. Mesmo no meio de bêbados e mulheres marginalizadas, o filho de Deus mantinha seus princípios. Continuaria comportado ainda que se deparasse numa festa com a desregrada Maria Madalena, de copo na mão, dizendo: “E aí, Jesus, você vem sempre aqui? Shake your body! (mexa seu corpo!)” Essa leitura sui generis da passagem do Filho de Deus pela Terra pode parecer uma blasfêmia para a maioria das pessoas, mas tem sido a pedra fundamental do discurso de evangelização da pastora Priscila Mastrorosa, 36 anos, da igreja Bola de Neve. É com essa linha de pregação que ela arrebanhou os mais de 1.200 fiéis que frequentam seu templo localizado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Não por acaso, ela fala a língua deles. A grande maioria dos presentes nos cultos é de jovens com jeito de surfista, cabelo rastafári, bermudões e tatuagens. Algumas vezes, a pregação de Priscila é interrompida por gargalhadas. “A mensagem de Deus não pode ser algo chato, maçante”, justifica. Nesse estilo, a líder religiosa cativou pessoas conhecidas, entre elas ex-símbolos sexuais como Regininha Poltergeist, Marinara Costa ou Georgiana Guinle. Com mais outras três subcelebridades convertidas, está produzindo “Boladas”, um programa de debates para a tevê. Também escreveu uma comédia teatral e planeja lançar até novelas. Tudo em nome de Jesus.

Do debate, que será uma espécie de “Saia Justa” (programa feminino do canal pago GNT) evangélico, já foram gravados pilotos discutindo temas como drogas e sexo. “Essas coisas (drogas) acontecem pela falta de Jesus”, conta Regina Oliveira, que na década de 80 povoava o imaginário masculino como a sexy Regininha Poltergeist, estrela nua de várias capas de revista. “Quanto ao sexo, é preciso ter cuidado, escolher a pessoa certa, ou então vai se relacionar com meio mundo e, no final, se sentir infeliz.” A pastora adianta que a pauta de discussões do programa seguirá assim, sem limitações. “Podemos tratar de qualquer assunto, desde que seja para passar valores de família, de vida”, explica Priscila. “Aqui não discriminamos ninguém, talvez isso tenha atraído essas mulheres para a igreja Bola de Neve.” A atriz Luciana Bessa (ex-“Malhação”), que com as atrizes Roberta Foster e Giselle Policarpo completa o grupo das seis “Boladas”, confirma essa impressão. “Não ouvi broncas, apenas orientação. Antes encarava o sexo como algo casual, hoje não.” Luciana é casada com um integrante da igreja.

A própria pastora já andou por caminhos tortuosos, digamos assim. Apesar de seus pais seguirem a religião batista, também protestante, ela se afastou dos cultos na adolescência. “Aos 15 anos fui para uma praia paulista, onde surfava e fumava maconha”, diz. Seguiu os passos de seu irmão, Rinaldo, que também gastou boa parte da adolescência surfando, usando drogas e só voltou a praticar a religião após contrair hepatite. “Meu irmão contou que teve uma experiência com Jesus. Eu dizia apenas: ‘Que bom para você’”, recorda. Três anos depois, por um motivo prosaico, foi a vez de Priscila se reconverter. Uma noite estava na praia, quando uma amiga perdeu a chave do carro. Então, ela prometeu a Deus que, se encontrassem a tal chave, se tornaria pastora. “Achei o chaveiro logo em seguida. Então resolvi cumprir a promessa.” Foi estudar teologia e pouco depois iniciou a parceria com o irmão, que havia criado a Bola de Neve. É casada há dez anos com o pastor Gilson, também integrante da igreja. O casal não tem filhos.

Apesar de embalar a pregação com cores modernas e joviais, no conteúdo a Bola de Neve não difere de outras denominações evangélicas. Defende o temor a Deus sem contestação, critica ícones das religiões afro-brasileiras e as práticas da Igreja Católica. A pastora refuta a bebida e o cigarro, define o homossexualismo como um comportamento que pode ser mudado caso a pessoa encontre Deus e desaconselha o sexo casual. “O que dizemos é que a relação sexual deve acontecer depois do casamento. Mas, se rolar, que seja com camisinha ou pílula anticoncepcional”, afirma. A informalidade, no entanto, dá outro tom a essas ideias tradicionais. Quando comenta sobre o comportamento daqueles que resistem à conversão, ela mais uma vez usa a linguagem dos jovens. “Quer continuar a ser um ‘manezão’? Não quer se transformar? Você é quem sabe…”, ameaça. Tanto Priscila quanto seu marido, o pastor Gilson, sabem que essa forma descontraída de falar combina com a linguagem da tevê e dos palcos. Por isso, “Boladas” deve ter um ritmo bem mais dinâmico do que os programas evangélicos tradicionais.

O próximo passo é montar em um teatro carioca uma comédia na qual Roberta Foster, que aparecia seminua como a Eva do programa “Zorra Total”, na Rede Globo, viverá o papel de… Eva. “Mas, dessa vez, será o verdadeiro personagem bíblico”, diz a pastora Priscila. Ainda está por vir um debate esportivo e um projeto de filme. Se depender do senso midiático de sua líder religiosa, a Bola de Neve fará jus ao nome e arrebanhará cada vez mais ovelhas.

Fonte: Istoé
-----------------