quinta-feira, 27 de junho de 2013

Uma visão do Paraíso

“Ele enxugará dos seus olhos toda lágrima. Não haverá mais morte, nem tristeza, nem choro, nem dor, pois a antiga ordem já passou”. (Apocalipse 21:4)

- Já lhe aconteceu de tentar explicar algo para alguém e simplesmente lhe faltarem as palavras certas?

- Você já tentou descrever algo muito complexo para uma criança?

Pois, para Deus explicar-nos o paraíso de uma forma que possamos entender, seria como tentar explicar a beleza do Havaí para uma criança de três meses. Não podemos compreender, em nossa limitação humana, toda a glória do céu. O apóstolo Paulo disse que ouviu coisas tão incríveis sobre o paraíso que não poderiam ser traduzidas em palavras (veja 2 Coríntios 12:2-4). Paulo estava dizendo basicamente que ele não poderia colocar sua experiência em palavras. Ela foi indescritível.

O paraíso está além da nossa compreensão. É difícil descrevê-lo. Não há muitos textos na Bíblia que falam do paraíso, mas o que encontramos já é impressionante: no paraíso não haverá medo; nem haverá sofrimento, nem morte. Toda dor e dificuldades que encaramos nessa vida desaparecerão no paraíso.

Mas a glória do paraíso é muito mais do que ter ou não novos corpos. É muito mais do que a ausência da escuridão, da lamentação, da dor e da morte. O fato de Jesus Cristo estar lá é melhor do que toda a beleza e do que todas as respostas às suas perguntas.



Fonte: Devocionais Diários
------------------------

Pastor é condenado a 52 anos de prisão por estuprar filhas e enteadas

O pastor Mizael Lourenço, de Catanduva (SP), foi condenado a cumprir 52 anos e seis meses de prisão em regime fechado por cometer crimes de estupro e atentado violento ao pudor contra duas filhas e duas enteadas. A sentença, publicada nesta quarta-feira, é do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), que aceitou recurso do Ministério Público contra decisão de primeira instância que absolveu o pastor.

De acordo com o acórdão do TJ, o pastor teve quatro filhos como frutos dos estupros, dois com uma das filhas e outros dois com uma das enteadas. Os abusos chegaram a ocorrer até mesmo num cômodo da igreja onde Lourenço atuava como pastor, em Catanduva. Os crimes ocorreram há oito anos, até que uma das enteadas decidiu denunciá-lo à polícia. A menina disse que perdeu a virgindade aos 8 anos, ao ser estuprada pelo padrasto, e chegou até a tentar o suicídio. Ela narrou ter sofrido pelo menos dois estupros e um atentado violento ao pudor e que decidiu denunciá-lo assim que soube que as duas filhas do pastor também tinham sido abusadas e estupradas por ele.

De acordo com o depoimento de uma das enteadas, o pastor lhe dava surras com varinhas de goiabeira e fios elétricos para evitar que ela denunciasse os abusos. Dos estupros foram gerados dois filhos da enteada e outros dois de uma das filhas. Durante a fase de investigação policial, Lourenço admitiu, em depoimento, que praticara os abusos e estupros, mas se recusou a ser submetido a exames de DNA para comprovar ou descartar a paternidade das crianças. Durante o processo, as duas filhas do pastor fizeram uma retratação negando as práticas criminosas do pai, que acabou sendo absolvido em primeira instância.

Mas, no último dia 13 de junho, ao analisar o recurso impetrado pelo Ministério Público de Catanduva contra a decisão em primeira instância, o relator do processo, desembargador Julio Caio Farto Salles, ressaltou que a retratação não poderia se sobrepor à confissão feita por Lourenço à polícia. "A retratação verificada em juízo não pode ser aceita, ainda mais porque a confissão policial, além de confirmada pelos relatos das ofendidas na Delegacia, acabou corroborada pelas declarações prestadas pelas duas enteadas", declarou o relator nos autos.

"Aliás, tais ofendidas também confirmaram os abusos, assim como as gestações decorrentes dos estupros cometidos pelo denunciado", disse. De acordo com o relator, a retratação deve ser analisada com reserva, "ante os laços afetivos mantidos com pai, não se esperando delas outra versão senão aquela benéfica ao agente", completou. Segundo o relator, foram cometidos pelo menos seis atentados violentos ao pudor (três contra uma das filhas) e pelo menos quatro estupros, dois contra uma das filhas.

A tese do relator foi aceita pelos desembargadores da 9ª Câmara de Direito Criminal do TJ que, ao final, condenaram o pastor Mizael Lourenço a cumprir 52 anos e seis meses reclusão em regime inicial fechado. Ao final, o relator determinou a expedição do mandado de prisão para o pastor, cujo defensor público, Santo José Soares, não foi localizado pelo Terra.



Fonte: Terra
----------

Vale a pena ver: Pai entregando a mão da filha em casamento

Pai da noiva antes de entregá-la em casamento, conta uma breve história e dá alguns conselhos para o futuro genro. Assista!


quarta-feira, 26 de junho de 2013

Deixando a mentira

"Por isso, deixando a mentira, fale cada um a verdade com o seu próximo, porque somos membros uns dos outros" (Efésios 4.25).

Juntando diversos dicionários, pode-se definir que mentir é "dizer o que não é verdade; negar o que se sabe ser verdade; proferir como verdadeiro o que é falso; dizer o que não se pensa; induzir ao erro; ser causa de engano; não cumprir a promessa, o compromisso, o acordado, o devido, o juramento; acrescentar ou omitir para distorcer a verdade". Quer seja mentindo para os outros (engano) ou para si mesmo (ilusão), o mentiroso tem sua origem, produz e sofre consequências, mas, felizmente, pode ter um antídoto.

Existem várias teorias para explicar a origem do mentiroso. A psicologia explica que o mentiroso age como mecanismo de defesa; a sociologia como busca do poder; a filosofia como imperfeição humana; a antropologia como um talento de convivência social; mas Cristo deixa claro que o mentiroso é filho do Diabo, quando disse: "Vocês são filhos do Diabo e querem fazer o que o pai de vocês quer. Desde a criação do mundo ele foi assassino e nunca esteve do lado da verdade porque nele não existe verdade. Quando o Diabo mente, está apenas fazendo o que é o seu costume, pois é mentiroso e é o pai de todas as mentiras" (João 8.44 - NTLH; leia também 1 Timóteo 4.1-2). Em outras palavras, é pai de todos osmentirosos.

As consequências do mentiroso são terríveis. 

Em primeiro lugar, consequências que o mentiroso produz: a Bíblia revela que a pessoa que dizmentiras produz injustiça (Provérbios 12.17); é indecente e vergonhosa (Provérbios 13.5); é traidora (Provérbios 14.25); é tão perigosa quanto uma espada, um porrete ou uma flecha afiada (Provérbios 25.18); com suas palavras bajuladoras causa desgraças (Provérbios 26.28); perverte todos os seus liderados (Provérbios 29.12); prejudica os pequenos (Isaías 32.7); conduz as pessoas ao erro (Jeremias 23.32). 

Em segundo lugar, consequências que o mentiroso sofre: embora o pão da mentira pareça suave a essa pessoa, depois sua boca se encherá de pedrinhas de areia (Provérbios 20.17), pois será expulsa da presença de Deus (Jeremias 27.15), destruída (Oseias 7.13), ficando fora dos céus para todo o sempre (Apocalipse 21.27; 22.15). Nas palavras do salmista, "nenhum mentiroso viverá no meu palácio; nenhuma pessoa fingida ficará na minha presença" (Salmo 101.7 - NTLH).

O mentiroso fala mentira, pois fala do que está cheio o coração (Mateus 12.34b). Portanto, para tratar o mentiroso é necessário tratar as profundezas do coração. A boa notícia é que existe o antídoto para o mentiroso: "e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" (João 8.32). A verdade é Cristo (João 14.6). Ele venceu, nunca dizendo uma mentira (1 Pedro 2.22), pois mentir não faz parte de sua natureza (Hebreus 6.18). Seu nome é Fiel e Verdadeiro (Apocalipse 19.11). Por isso, somente em Cristo podemos ter vitória completa sobre o hábito nocivo de mentir.(Colossenses 3.9-10; 1 Pedro 2.1).

Somos chamados para andar na verdade (Efésios 5.8-9), seguir a verdade (Efésios 4.15), falar a verdade (Salmo 15.2) e amar a verdade (Zacarias 8.19). Afinal, "quem quiser gozar a vida e ter dias felizes não fale coisas más e não conte mentiras" (1 Pedro 3.10 - NTLH).



Fonte: Rodolfo Garcia Montosa no Instituto Jetro
-------------------------------------------

Antes de projeto gospel, Joelma já cantou músicas religiosas no Calypso

Discos recentes do grupo têm faixas de louvor a Jesus.
Empresário anunciou CD evangélico; banda continua pelo menos até 2015.

Antes do anúncio do projeto de um disco só de músicas gospel na voz de Joelma, cantora do Calypso, a banda paraense já lançou faixas religiosas em CDs recentes. Um álbum apenas com músicas de louvor seria novidade na carreira do grupo, mas faixas sobre Deus misturadas às canções românticas e dançantes da banda aparecem na maior parte dos CDs e DVDs recentes.

O anúncio do projeto de álbum gospel, que deve ser lançado ainda em 2013, foi feito no domingo (9), pelo empresário do grupo, Fábio Macêdo. Em entrevista ao G1, ele negou o fim do Calypso, após declarações de Joelma sobre possível carreira solo gospel em show sábado (8), no Recife.  Ele garantiu que o grupo vai ficar junto até pelo menos 2015. A carreira solo gospel é uma possibilidade para Joelma após esta data.

Fábio disse que a cantora tem, ainda junto com o marido e guitarrista Chimibinha, o projeto de álbum de música gospel. "O repertório está pronto, vou entrar no estúdio depois de julho, em agosto, para lançar até o final do ano", comentou a cantora. "As músicas estão prontas, é só gravar, fazer essa coletânea e lançar", complementou o guitarrista.

'Eu te agradeço Senhor' (2007)

No DVD de 2007, antes de Joelma se converter - ela disse à revista "Época" que se tornou evangélica há quatro anos, depois de uma crise de estafa -, o Calypso já colocou uma música de louvor no repertório, em meio às outras faixas, não religiosas.
Trecho da letra: 

"Em minha oração
Senhor...Hoje não vou pedir
Só quero agradecer
Eu te agradeço por tudo
Por me aliviar a dor
E me ajudar a seguir
E me fazer crescer".

'Luz de Deus' (com Yasmim) e 'Jesus me abraçou' (2009)

"Luz de Deus", faixa cantada por Joelma junto com sua filha, Yasmim, fala sobre o amor de pais e filhos do ponto de vista religioso. No mesmo disco do Calypso, há a também cristã "Jesus me abraçou'", que fala do arrependimento de "andar distante de Deus".
Trecho da letra: 

"Esse amor, florescerá
Eu te amo e você me ama
E pra sempre a gente vai se amar
Esse amor é luz de Deus".

'Um novo ser' (2010)

No DVD comemorativo com 35 faixas, antes de encerrar com o hit "Xonou, xounou", a banda incluiu esta faixa. A música de louvor foi cantada junto com o grupo de música gospel paulista Voz da Verdade.
Trecho da letra: 

"E eu aqui assistindo tudo, ó Pai
Te peço forças para vencer
Me conduz à luz da salvação
Derrama em mim o teu poder
Derrama em mim Senhor
Toda a sua glória e teu poder
Faz nascer em mim
Um novo ser".

'De joelhos' (2010)

No mesmo ano em que lançou o DVD de 10 anos, a banda soltou logo depois do disco "Vem balançar!". Em meio às faixas dançantes está a serena "De joelhos".
Trecho da letra: "Levante a cabeça irmão, não fique abatido
Entregue sua vida em oração, Deus está contigo
O servo de Deus é assim, tentado toda hora
Mas quem perseverar até o fim, de Deus terá vitória".

'
Renascimento' (2011)

O disco do Calypso que tem dueto com Reginaldo Rossi e a conhecida regravação de "Tapas e beijos" também não deixou o louvor de lado, na faixa "Renascimento".
Trecho da letra: "Quando eu me encontrava no fundo do poço
Quando não enxergava luz no fim do túnel
Nas horas de angústia e de solidão
Ele me escutou
Ele me deu a mão
Quem é o caminho, a verdade e a vida?
Jesus, Jesus"

'O poder de Deus' (2012)

No disco de estúdio mais recente da banda, "Eternos namorados", a religião de Joelma é representada em "O poder de Deus". Assim como na maior parte dos álbuns com músicas de louvor, a última faixa é o espaço reservado pelo Calypso para a faixa gospel.
Trecho da letra: "Eu sou tão frágil, ó Senhor
Preciso mais de ti
Meu Deus segura a minha mão
Não me deixe cair".



Fonte: G1
---------

10 razões para ser (ou não) um missionário

10 razões para não ser um missionário:

1. Você quer que as pessoas pensem que você é aventureiro, corajoso e nobre;
2. Você tem medo de compartilhar o evangelho com pessoas da sua própria cultura;
3. Você deseja “civilizar” outras culturas, especialmente de acordo com a sua própria civilização;
4. Você já tentou outras coisas e não sabe mais o que fazer;
5. Você pensa que isso finalmente te trará a satisfação e a paz que você tem procurado;
6. Seus pais eram missionários e você quer continuar os negócios da família;
7. Você deseja ver o mundo;
8. Sua igreja é muito voltada para missões e você não quer parecer menos espiritual por não fazer o que todo mundo também está fazendo;
9. Você gosta de construir casas para as pessoas;
10. Você pensa que isso te fará mais justo perante Deus.

10 razões para ser:

1. Você adora Deus com todo o seu coração e é consumido pelo desejo de anunciar sua Glória para todos os povos;
2. Você ama compartilhar o evangelho com os não crentes ao seu redor e gostaria de fazer o mesmo em outra cultura;
3. Você deseja ver o arrependimento e a fé que vem de Deus salvando uma cultura tão necessitada quanto a sua;
4. Você sente um chamado irresistível para pregar o evangelho e compartilhar o amor de Deus em outro país, e amigos seus que são maduros na fé também vêem esse caminho para você;
5. Você sente tanta alegria e satisfação em Jesus que não consegue simplesmente não querer servir os perdidos ao redor do mundo;
6. Deus usou seus pais missionários para fazer crescer em você um amor pelos eleitos de Deus espalhados pelo mundo que nunca ouviram o evangelho;
7. Você quer ver o mundo cheio da alegria e da glória de Deus;
8. Sua igreja muito voltada para missões te convenceu que seus medos e seu egoísmo estão te impedindo de perseguir sua vocação missionária;
9. Você gosta de plantar igrejas que ensinam e doutrinam seus próprios membros para diversos serviços;
10. Você é justo perante Deus mediante Jesus Cristo e deseja compartilhar essa mesma verdade com os outros.



Tradução: Filipe Schulz no iPródigo
Fonte: Joseph Mancuso
------------------------------

Batistas Brasileiros convocados ao Palácio do Planalto

Atendendo a um convite do Ministro Chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Sr. Gilberto Carvalho, estiveram em Brasília no último dia 07 de junho o Pr. Luiz Roberto Soares Silvado, presidente da Convenção Batista Brasileira; Pr. Sócrates Oliveira de Souza, diretor executivo; Pr. Estevam Fernandes, presidente da Ordem dos Pastores Batistas do Brasil; Pr. Ilquias Paim, Vice Presidente da Ordem dos Pastores; Pr. Fernando Brandão, diretor executivo da JMN; Pr. João Marcos, diretor executivo da JMM; Prof. Lúcia Margarida P. de Brito, diretora executiva da União Feminina Missionária do Brasil; Luciene Fraga, coordenadora do Departamento de Ação Social da CBB; Pr. Diego Bravim, presidente da Juventude Batista Brasileira. Ocasião em que também foram recebidos pela Ministra da Casa Civil, Sra. Gleice Helena Holfman.

A audiência com o Ministro Gilberto Carvalho, que teve a duração de duas horas e vinte minutos, foi aberta com o Ministro agradecendo a presença dos representantes da Convenção Batista Brasileira, expondo as razões desta convocação e destacado seu reconhecimento à seriedade com que os Batistas atuam em todos os segmentos da sociedade brasileira, citando inclusive a postura de alguns batistas que atuam como servidores no Palácio do Planalto. O Pr. Silvado fez a entrega de um exemplar da Bíblia produzida pela Imprensa Bíblica Brasileira, fazendo a leitura do texto bíblico, uma meditação e oração pela vida do Ministro e sua responsabilidade como homem público, mas também como homem que precisa estar na dependência e orientação de Deus para o desempenho de sua tarefas e por sua família.

Em seguida o Pr. Sócrates fez uma apresentação geral da denominação batista e das atividades dos batistas desenvolvida através da Convenção, destacando os valores e princípios nos quais nos fundamentamos e que nossas atividades são frutos do cumprimento da Palavra de Deus.

Respondendo a indagação do ministro sobre nossa atuação na área de responsabilidade social o Pr. Sócrates destacou que a ação social dos batistas brasileiros expressa e busca cumprir os propósitos do reino de Deus na sociedade, com o objetivo de propiciar condições para a plena realização da pessoa humana em relação a si mesma, ao próximo, à natureza e a Deus. O entendimento de que as Escrituras apoiam a posição de que o dever do crente de amar inclui as dimensões sociais bem como as espirituais; A convicção de que as Escrituras ensinam a responsabilidade social de proteger vidas inocentes e carentes, mas também exorta a que o bem seja feito a todos, que desafia os próprios crentes e igrejas batistas a assumirem e viverem sua responsabilidade social, a fim de serem modelos para a sociedade e uma alternativa para o mundo.

O Pr. Estevam Fernande e Pr. Hilquias Paim falando em nome da Ordem dos Pastores Batistas do Brasil entregaram ao Ministro o manifesto sobre a família, onde reafirmam a defesa dos valores bíblicos que seguimos e o comprometimento total com estes valores em defesa da vida e da família. Com a seguinte definição:

MANIFESTAMOS nossa posição contrária à redefinição da família incentivada no PNDH que se distancia frontalmente dos preceitos bíblicos e do que é estabelecido na própria Constituição Federal.

Assim, CONCLAMAMOS os representantes do povo no Congresso Nacional que se posicionem a favor da manutenção dos ideais expressos em nossa Constituição Federal, rejeitando qualquer dispositivo que subverta a constituição da família conforme preceitua a referida Constituição e a Bíblia;

as demais instâncias da República, cidadãos e líderes de instituições sociais, que se unam em defender a manutenção saudável da família que, ao longo da história, tem sido o esteio de nossa sociedade;

aos Pastores Batistas que continuem ensinando claramente os preceitos bíblicos sobre a família, garantindo, assim, o esclarecimento do povo de Deus que vive nesta Nação, bem como suas Igrejas e comunidades de modo a demonstrar a sociedade os benefícios que a família, biblicamente constituída, vem trazendo ao longo da história.

As atividades de Missões Nacionais foram destacadas pelo Pr. Fernando Brandão, que fez uma ampla exposição da importância da transformação da sociedade brasileira a partir da aceitação de Jesus Cristo. Informou sobre o projeto “Cristolândia” e o impacto que tem causado principalmente na vida das milhares de pessoas já retiradas das ruas de cidades brasileiras. Os diversos projetos no campo de evangelização com o resgaste do ser humano de forma integral, destacou as ações junto as várias comunidades ribeirinhas e indígenas, bem como as atividades dos lares batistas administrados por Missões Nacionais, convenções estaduais, associações e igrejas.

A União Feminina Missionária Batista do Brasil, representada pela sua diretora executiva Prof. Lúcia Margarida Pereira de Brito, destacou a atuação que as mulheres batistas brasileiras tem desenvolvido em todas as faixas etárias, com objetivo que todas sejam alcançadas e possam ter uma vida eficaz.

A forte atuação dos batistas nos diversos países através de Missões Mundiais foram apresentadas pelo Pr. João Marcos, diretor executivo que destacou as intensas ações evangelizadora e sociais realizadas através do missionários efetivos e os missionários voluntários, através do projeto “Radicais sem Fronteiras”, e as ações do projeto PEPE, que tem alcançado a milhares de famílias.

A Juventude Batista Brasileira que se fez representar através de seu presidente Pr. Diego Bravim, destacou o investimento que os batistas tem feito para que toda juventude brasileira possa andar nos caminhos do Senhor, buscando o crescimento em todas as dimensões da vida.

Como explicou o Ministro Gilberto Carvalho, a Secretaria Geral da Presidência da República tem como principal atribuição intermediar as relações do governo federal com as entidades da sociedade civil, sendo o órgão que assessora diretamente o governo federal e a presidenta da República no relacionamento e articulação com os movimentos sociais e que assegura a consulta e a participação popular na discussão e definição da agenda prioritária do País. Assim a segunda parte do encontro foi com os diretores e secretários da Secretaria Nacional de Articulação Social e do Departamento de Participação Social com o Sr. Pedro de Carvalho Pontual, diretor do Departamento de Participação Social; Sra. Suelen Gonçalves dos Anjos, da DPSP; Sr. Geraldo Magela Trindade, secretário adjunto da Secretaria Nacional de Relações Político-Sociais; Sr. Olavo Perondi, Diretor do Departamento de Política Social; e Sra. Lais Lopes, coordenadora do projeto do marco regulatório das organizações sociais. Com objetivo de conhecer da liderança batista, bem como nossas ações no campo da ação social e do desenvolvimento social. Em todas estas atividades fomos ciceroneados pelo Prof. Alexandre Brasil, que atua na Secretaria Geral.

Fomos desafiados a ajudar o Governo Federal na tarefa da realização das Conferências Municipais, Estaduais e Nacionais  dos diversos Conselhos, mobilizando as pessoas dos bairros onde estamos como Igreja a se envolverem participando e discutindo as ações que devam ser implantadas para melhorar e avançar o progresso de nosso país, tais como: Conferência Nacional de Educação, Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente, Conferência Nacional de Meio Ambiente, Conferência Nacional de Assistência Social. A Secretaria Nacional de Relações Político-sociais também solicitou a nossa ajuda quanto à divulgação sobre os oito objetivos do milênio (ODM), a fim de incentivarmos às igrejas na participação do monitoramento das políticas públicas para o cumprimento das metas do milênio bem como a divulgação do Prêmio “ODM Brasil” que visa incentivar as mais importantes e criativas ações da sociedade civil e de governos municipais que ajudam o Brasil a atingir os ODM.

O DAS – Departamento de Ação Social da Convenção Batista Brasileira coordenará e encaminhará através do Jornal Batista e de nosso sistema de informação eletrônica todas as datas e objetivos das diversas conferências deste ano e de 2014; uma série de artigos sobre os oito objetivos do milênio e informações sobre o Prêmio ODM Brasil.

Em reunião, tanto com a Ministra Gleice Helena Holfman, como com os diretores e secretários da Secretaria Nacional de Articulação Social e do Departamento de Participação Social, o Pr. Presidente da CBB, Luiz Roberto Silvado, denunciou a discriminação para com as Entidades Religiosas, inclusive a Junta de Missões Nacionais, com relação a obtenção do CEBAS – Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social (Lei nº 12.101, de 27 de novembro de 2009). Pr. Luiz Silvado ainda cobrou que sejam tomadas medidas dentro dos órgãos estaduais e municipais para um atendimento justo e digno as Entidades Religiosas.




Fonte: Convenção Batista Brasileira
----------------------------

terça-feira, 25 de junho de 2013

Mara Maravilha defende Feliciano na TV e critica gays: 'Aberração'

Segundo a cantora gospel, é possível tratar a homossexualidade

A apresentadora e cantora gospel Mara Maravilha deu declarações sobre o tema "homossexualidade" no programa Morning Show, na Rede TV!, nesta segunda-feira, 24. Além de defender o deputado e pastor Marco Feliciano — que recentemente conseguiu a aprovação, na Comissão de Direitos Humanos da Câmara, do projeto de lei chamado popularmente de "cura gay"—, chegou a se referir a homossexualidade como "aberração". 

— Tem muitos pais, tem muitas mães, que não concordam com essa aberração. Eu não acho bonito nem um homem e uma mulher, em público, ficarem se atracando. Tem coisa que é particular. Imagina duas mulheres ou dois homens, não acho bonito. Mas se acontece de eu presenciar uma cena dessas, eu não vou fazer baixaria. Eu simplesmente me retiro. Defendo a democracia, a liberdade de expressão —, disse. 

Sobre a "cura gay", Mara tentou explicar o seu ponto de vista: 

— Eu acredito na cura do impossível... Eu acho que ser gay é uma opção, é uma escolha. Essa cura pode ser mental, espiritual, depende da forma. Eu mesma já vivi vários tipos de cura na alma. Eu conheço muitos homossexuais que querem a cura. Na minha igreja mesmo. Dizem: 'eu queria me ver livre disso'. É de cada um. 

Evangélica, Mara defendeu e intitulou Feliciano como "Judas", já que, segundo ela, o pastor estaria apenas sendo o porta-voz do pensamento de outras pessoas.  

— O Feliciano está sendo que nem Judas, estão atirando pedra nele. Mas igual a ele, vou te assegurar uma coisa, muitos pensam como ele. Eu, particularmente, gosto muito e respeito muito o pastor Marco Feliciano. Eu acho, assim como ele, que todos nós podemos ter as nossas opiniões. Tá faltando uma democracia. Tem que se respeitar o gay, mas tem que respeitar também a opinião de quem não pensa igual a eles. Eu, por exemplo, tenho orgulho de ser mulher, de ser hétero. Mas isso não quer dizer que estou ofendendo quem é homo. Eu acho que o fato de não respeitar nossa opinião é preconceito. A gente pode ter opinião contrária, não? 

Sobre o relacionamento que a cantora Daniela Mercury assumiu recentemente com Malu Verçosa, Mara criticou, apesar de não citar nomes:

— Estranho é, de repente, uma cantora, porque é popular, forçar os jornalistas - porque aquele é o trabalho deles - e dar um beijo na boca de outra mulher, tirar fotos daquilo. Eu não concordo com essa aberração. Não tô falando generalizado... Mas dessas pessoas que pensam "ah, vou dar um beijo na boca da minha companheira porque agora vou me 'promover' com essa causa. Tem muita gente fazendo isso. Não dou muito tempo para daqui a pouco posar ao lado de um homem porque quer mais mídia.




Fonte: Hora de Santa Catarina
---------------------------

Opinião: Pr Paul Washer sobre a falta de conhecimento do povo de Deus


"Uma das razões porque não temos ou temos pouca motivação para viver a vida cristã é porque “o meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento”. Eles não entendem quem Deus é, quem eles eram, o que Cristo fez, o que se tornaram e o futuro que os aguarda; e, portanto, carecem de todos os estímulos e as emoções para entregarem verdadeiramente suas vidas a Cristo."

(Paul Washer)

Bono Vox, vocalista da banda U2 diz que “ou Jesus era quem dizia, ou era louco”

Para o vocalista dos U2, um dos músicos mais populares do planeta, o Rei David é um bom exemplo de “blues” e Jesus de “punk rock”.

O músico Bono Vox, da banda irlandesa U2, parafraseou o autor inglês C.S. Lewis, durante uma entrevista, ao dizer que Jesus Cristo ou era Filho de Deus, ou era louco. 

“Quando as pessoas dizem que ele era um bom mestre, um profeta ou um tipo muito porreiro... Não era assim que Jesus se descrevia. Por isso temos de enfrentar este desafio. Ou Jesus era quem dizia que era, ou então era completamente louco”. 

Confrontado com estas duas hipóteses, o vocalista, um dos mais populares do planeta, não hesita: “Eu acredito que Jesus era filho de Deus. Compreendo que para algumas pessoas isso possa parecer ridículo, e temos de respeitar muito essas pessoas”, insistiu. 

As declarações foram feitas durante uma entrevista, nos Estados Unidos, com o diretor-geral da organização Focus on the Family, uma organização cristã. A entrevista será transmitida num programa de rádio da organização na terça-feira, dia 25, mas a Religion News Service adiantou alguns dos pormenores da conversa.

Salmos poderosos

Bono aproveitou para falar também da Bíblia em termos musicais. “David era músico, por isso é claro que gosto dele. O que os salmos têm de poderoso é que para além de serem ‘gospel’ e cânticos de adoração, são também ‘blues’. É muito importante os cristãos serem honestos com Deus. Normalmente Deus está muito mais interessado em quem nós somos do que em quem gostaríamos de ser”. 

Quanto a Jesus, o artista recorre à passagem no capítulo 9º do Evangelho de Lucas, em que Jesus diz a um homem para não esperar para sepultar o seu pai, mas para O seguir imediatamente. “Parece-me uma atitude punk rock. Ele viu diretamente o coração daquele homem. Percebeu que ele não o ia seguir, que era só fachada. Temos de ser mais extremos, não procurar tanto os sinais exteriores de retidão. Ver as ações”. 

Bono nasceu na Irlanda, filho de pai católico e mãe protestante. O cantor foi educado na Igreja da Irlanda, ramo da Igreja Anglicana. Todos os membros dos U2 são cristãos e a banda, no seu início era considerada do gênero da música cristã contemporânea. Apesar do seu enorme sucesso, sendo hoje uma das mais famosas e populares do mundo, os membros nunca perderam as suas referências cristãs e várias das suas músicas têm mensagens nesse sentido.



Fonte: Renascença
----------------

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Quando chorar é preciso

"O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã." (Salmos 30:5)

Segura na minha mão. Esta era a frase que uma menina de três anos me falava quando entrou na escola. Angustiada ela chorava e soluçava em busca de consolo. Era seu primeiro dia de aula e ela sentiu-se desesperada quando sua mãe a deixou na escola. O seu choro e o seu pedido de segurar em sua mão, ficaram gravados em meu coração. Passei alguns dias segurando na mão daquela criança e consolando-a, até que ela começou a se sentir segura e se alegrar com os amigos e as atividades da escola.

O choro

Em muitas ocasiões o choro é necessário. O choro é um lamento, um pranto, que pode ou não ser silencioso, é um clamor da alma por uma determinada situação. Na cultura judaica era comum o povo expressar suas emoções através do choro, lamentos, orações e jejum; também rasgavam suas vestes e colocavam seus rostos no pó.

O choro e a condição espiritual

Richard Foster em seu livro "Oração: refúgio da alma", diz que a oração de lágrimas é ficarmos "aflitos no coração", por causa da distância e da transgressão contra a bondade de Deus. É chorar pelos nossos pecados e pecados do mundo. (Atos 2.37)

Jesus chorou pela condição espiritual em que muitos se encontravam. Ele se agoniou em choro, ao entrar em Jerusalém pelos que estavam perdidos e recusavam-se a receber a salvação.

"E, quando ia chegando, vendo a cidade, chorou sobre ela, dizendo: Ah! se tu conhecesses também, ao menos neste teu dia, o que à tua paz pertence! Mas agora isto está encoberto aos teus olhos." (Lucas 19.41-42)

Jesus não se rendeu ao choro e prosseguiu corajosamente, sendo obediente ao Pai até cumprir a sua missão de morrer na cruz do calvário. Ele também trouxe a vida eterna e abundante a todos que o receberam como Senhor e Salvador. 

Neemias em sua oração confessa os seus pecados, de sua família e também de seu povo.  "... e faço confissão pelos pecados dos filhos de Israel, que temos cometido contra ti; também eu e a casa de meu pai temos pecado. (Neemias 1:6)

O choro e a morte

Jesus chorou diante da morte de um amigo. Jesus extravazou a sua tristeza através do choro ao saber que seu amigo Lázaro havia morrido; esta passagem consta no menor versículo da Bíblia. "Jesuschorou." (João 11. 35).

Jesus orou com gratidão ao seu Pai, pois sua oração foi respondida e Lázaro voltou a viver.  "... E Jesus, levantando os olhos para cima, disse: Pai, graças te dou, por me haveres ouvido". (João 11.41b)

O choro e a oração

Ana chorou porque não conseguia engravidar e por este motivo sofria provocações por parte de Penina."Isso acontecia ano após ano. Sempre que Ana subia à casa do Senhor, sua rival a provocava e elachorava e não comia." (1 Samuel 1.7)

Ana chorou diante do sacerdote e seu choro transformou-se em oração alcançando o coração do Pai e ela teve um filho que se chamou Samuel e depois muitos outros filhos vieram.  

Neemias também chorou pela condição em que se encontrava Jerusalém. (Neemias 1.4). Neemias conseguiu reconstruir os muros de Jerusalém, depois de passar dias na presença de Deus em oração, lamentos e jejum.

O choro, o arrependimento e o servir a Deus

Paulo serviu ao Senhor com lágrimas e provações, dia e noite, cumpriu com alegria sua carreira dando o testemunho do Evangelho da Graça de Deus. (Atos 20.19; 24; 31)

Ele também declarou que escreveu à igreja de Corinto com grande aflição e angústia de coração, e com muitas lágrimas, porém mais tarde ele pôde se alegrar, pois a tristeza segundo Deus o levou ao arrependimento. (2 Coríntios 2:4; 7.7-11)

Pedro chorou arrependido e com amargura em sua alma, depois de ter negado que andava com Jesus: "E lembrou-se Pedro das palavras de Jesus, que lhe dissera: Antes que o galo cante, três vezes me negarás. E, saindo dali, chorou amargamente." (Mateus 26:75)

Pedro ao ser questionado três vezes por Jesus confessou seu amor por Ele, também por três vezes, recebendo o perdão e o grande desafio de buscar os perdidos e apascentar as ovelhas do Bom Pastor. (João 21:15-17)

O choro e um coração contrito

Davi ao escrever muitos salmos entrava na presença de Deus com o coração encharcado de lágrimas. "O Senhor está perto dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito abatido."  (Salmos 34:18)

Enfim, são muitos os motivos que provocam o choro e o salmista lembra-nos que Deus sabe disto e por isso registra os nossos lamentos:  "Registra, tu mesmo, o meu lamento; recolhe as minhas lágrimas em teu odre; acaso não estão anotadas em teu livro?" Salmos 56:8.

Deus também nos deixa a preciosa promessa de que um dia ele enxugará as nossas lágrimas e fará tudo novo. (Apocalipse 21.4)

O autor do salmo 126 também nos deixa uma canção que renova as nossas esperanças e anima nossos corações. Ele diz: "Aquele que sai chorando enquanto lança a semente, voltará com cantos de alegria, trazendo os seus feixes." Salmos 126:6.

Portanto, mesmo que o choro alcance sua alma, segure na mão de Deus, procure caminhar e cultivar a semente de fé e esperança que já foi plantada em seu coração, busque ao Senhor em oração e sua alma se encherá do consolo, da alegria que vem do alto e da presença de Deus.



Fonte: Joacy Alcântara Cabral no Instituto Jetro
-------------------------------------------

Pensamento sobre fé


“Pare de fazer a lista do que quer, e comece a confiar que Deus lhe dará o que você precisa.” 

(Max Lucado)

Fundador e pastores da Igreja Maranata são presos

Pastor Gedelti Gueiros e outros membros foram levados para CDP de Viana.
Segundo a polícia, 10 mandados de prisão foram expedidos.

O ex-presidente e fundador da Igreja Cristã Maranata (ICM), pastor Gedelti Gueiros, foi preso na residência dele, no bairro Praia da Costa, em Vila Velha, por policiais do Grupo de Operações Táticas (GOT), na manhã desta segunda-feira (24). De acordo com a polícia, 10 mandados de prisão foram expedidos contra membros da Igreja Maranata, sendo oito cumpridos pelo GOT na manhã desta segunda. 

Outros dois integrantes da igreja se apresentaram ao Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Vitória e foram presos. Segundo o delegado Eduardo Chaddour, uma das prisões será domiciliar. Todos os detidos nesta manhã foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Viana, na Grande Vitória. O interventor da instituição, Júlio Cezar Costa, foi destituído. A sede do presbitério da Maranata, em Vila Velha, foi interditada pela polícia.

Além de Gedelti, Antônio Angelo Pereira dos Santos, Antonio Carlos Rodrigues de Oliveira, Antonio Carlos Peixoto, Amadeu Loureiro Lopes, Carlos Itamar Coelho Pimenta e Jarbas Duarte Filho foram levados para o DPJ, passaram por exames no Departamento Médico Legal (DML) e foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisõria (CDP) de Viana. O pastor Arlínio de Oliveira Rocha teve prisão domiciliar decretada. Wallace Rozetti e Leonardo Meirelles de Alvarenga se apresentaram diretamente na delegacia, pela manhã.

Após a prisão, Gedelti foi sucinto em suas palavras. "Falar o que? Não tem muito o que falar, não sei o que está acontecendo, não sei por que estou sendo preso", disse o fundador da ICM ao G1

Um dos presos, Carlos Itamar Coelho, disse se sentir 'destruído'. "Me sinto destruído, pela nossa imagem, fico constrangido. Mas, vamos acreditar na justiça", falou.

No DML de Vitória, onde foram submetidos a exame, os membros da Maranata ficaram sentados lado a lado enquanto esperavam pelo atendimento. Do lado de fora do prédio uma fiel da Maranata demonstrou apoio ao pastor Gedelti.

Júlio Cezar Costa, que havia sido nomeado interventor da ICM, disse que foi comunicado de sua destituição por ordem judicial. Ele informou que não sabe o motivo, mas agradeceu o período em que administrou a igreja de forma ética e profissional. O novo interventor será Antônio Barroso Ribeiro.

O advogado Gustavo Varella, que defende a Igreja Maranata, acompanha a ocorrência, mas informou que ainda não recebeu a denúncia e não tem detalhes sobre o caso. Ele vai se pronunciar durante o decorrer do dia, assim que tiver mais informações.

Em maio, dezenove membros da Igreja Cristã Maranata, incluindo pastores, foram denunciados à Justiça pelo Ministério Público Estadual (MPES) pelos crimes de estelionato, formação de quadrilha e duplicata simulada. Eles teriam praticado desvio de dízimo da igreja, envolvendo uma movimentação financeira de R$ 24,8 milhões, segundo o próprio MPES. Antes, em março, Gedelti e outros três membros da ICM haviam sido presos por coagir testemunhas do inquérito que investiga a igreja.

Maranata

A Igreja Cristã Maranata foi criada há 44 anos no estado e  já possui mais de 5,5 mil templos no Brasil e em outros países.



Fonte: G1
-------

domingo, 23 de junho de 2013

Corações perturbados

"Não se perturbe o coração de vocês. Creiam em Deus; creiam também em mim." (João 14:1)

Alguma vez você já sentiu o seu coração incomodado, estressado, incerto sobre o amanhã?

Há muitas coisas a se temer atualmente, não é mesmo? Aconteceu alguma coisa com você recentemente que tenha virado a sua vida do avesso? Você está se perguntando se Deus realmente está ciente dos problemas pelos quais você está passando agora?

Pois saiba que foi exatamente assim que os discípulos de Jesus se sentiram. Eles estavam desanimados. Quando estavam reunidos no Cenáculo para a Última Ceia, Jesus avisou que um deles O trairia. E ele apontou para Judas Iscariotes como sendo o traidor. E como se não bastasse, Jesus também disse que Simão Pedro iria negar-lo, não somente uma nem duas, mas três vezes. A vida dos discípulos estava de cabeça para baixo. E então Jesus começou a falar sobre deixá-los e sobre ser crucificado.

Eles certamente pensaram: - O que está acontecendo?

Pode ser que você esteja sentindo-se exatamente dessa mesma maneira neste momento. Talvez tenha incertezas sobre o seu futuro. Mas, enquanto você vê seus medos e preocupações, olhe também para o que Jesus disse: "Não se perturbe o coração de vocês. Creiam em Deus; creiam também em mim." (João 14:1) Esse versículo também pode ser traduzido como: "Não vamos deixar o nosso coração agitado, ou perturbado, ou em confusão..."

Observe que Jesus não disse: -"Preocupem-se com os seus problemas". Ao invés disso, Ele disse: "Não se perturbe o vosso coração." Essa é a Sua palavra também para nós nos dias de hoje.



Fonte: Devocionais Diários
------------------------

Justin Bieber posta foto com amigos: "Falando sobre Jesus Cristo"

A foto com descrição polêmica gerou críticas no Instagram do cantor: "Eu e meus manos @ryangood24 e @carllentz na hora do almoço falando sobre nosso salvador Jesus Cristo", postou o cantor

Justin Bieber, que tem ganhado fama de garoto-problema após protagonizar diversas polêmicas, surpreendeu ao movimentar sua conta no Instagram. O cantor postou uma foto na qual aparece ao lado de dois amigos e com uma mensagem curiosa. "Eu e meus manos @ryangood24 e @carllentz na hora do almoço falando sobre nosso salvador Jesus Cristo", escreveu na quinta-feira (20/6).

Na cerimônia de entrega do Billboard Music Awards, Justin soltou o verbo para uma plateia lotada e que o vaiou. "Eu acho que.. Eu tenho 19 anos, acho que estou fazendo um bom trabalho. Basicamente, do fundo do coração, eu gostaria de dizer que isso deveria ser sobre a música, da obra que estou fazendo. Eu sou um artista, tenho que levar isso a sério e todas essas baboseiras não foram faladas o suficiente, parece", resmungou.



Fonte: Quem
-----------

Marketing gospel compara Super-Homem à Jesus em divulgação de filme

A Warner Bros. tentou atrair a audiência dos cristão para o filme O Homem de Aço

Em uma tentativa de atrair a audiência dos cristãos, os estúdios Warner Bros. contrataram os serviços de uma empresa de marketing especializada no público gospel para divulgar o filme O Homem de Aço, previsto para estrear em 12 de julho no Brasil. Segundo o site americano The Hollywood Reporter, a primeira iniciativa nesse sentido foi a publicação do texto intitulado "Jesus - O Super-herói Original" em um portal que sugere temas de sermões a pastores. 

"As origens do Super-Homem estão baseadas na história de outro super-herói que também viveu de forma modesta até ser requisitado a demonstrar seus superpoderes. Jesus foi enviado por Deus para nos ajudar a carregar nosso fardo, para corrigir nossos vícios e superar as circunstâncias adversas que nos cercam", diz a mensagem escrita por Craig Detweiler, um roteirista de cinema e publicidade com experiência em textos religiosos. 

De acordo com o site, é praxe em Hollywood focar ações de divulgação em audiências religiosas. O próprio Detweiler já escreveu sermões relacionados a outros filmes, como Um Sonho Possível (2009).

O autor foi criticado por alguns cristãos, que repudiaram a forma leviana como falou de Jesus. Em entrevista à rede CNN, Detweiller alegou que é impossível negar a influência de Hollywood na sociedade.



Fonte: Diário Catarinense
-----------------------

sábado, 22 de junho de 2013

“Não vá à igreja”?

Outro dia vi uma placa que chamou minha atenção – e me preocupou profundamente. Dizia assim:

“Não vá à igreja. Seja a igreja.”

Agora, apesar do elemento de verdade na frase (o povo de Deus é a igreja), esta declaração está cheia de erros. Mas por trás das palavras obviamente há o desapontamento (e possivelmente desilusão) de alguém com o Cristianismo instituído. E apesar de eu achar que muitos cristãos rejeitariam esta escolha errada, a atitude deles em relação aos encontros de domingo da igreja pode revelar uma apatia parecida.

Para lutar contra esta apatia, nós precisamos de uma perspectiva bíblica sobre o que está acontecendo no domingo – uma perspectiva que possa transformar nossa atitude sobre “ir à igreja”. E é esta perspectiva que o escritor aos Hebreus nos dá quando ele descreve culto contínuo em que nós participamos quando nos reunimos para adorar a cada domingo.

Monte Sinai e Monte Sião

Em Hebreus [capítulo 12] o escritor apresenta um contraste impressionante entre o Monte Sinai e o Monte Sião, entre a experiência do povo de Deus sob a antiga aliança e a experiência deles sob a nova aliança.

Nos versos 18 a 21 o autor reconta a reunião no Monte Sinai (como resgistrado em Êxodo 19). Depois de serem retirados do Egito, Deus reuniu seu povo e fez um pacto com eles. Ele os constituiu como uma nação, o seu próprio povo.

“Ora, não tendes chegado ao fogo palpável e ardente, e à escuridão, e às trevas, e à tempestade, e ao clangor da trombeta, e ao som de palavras tais, que quantos o ouviram suplicaram que não se lhes falasse mais, pois já não suportavam o que lhes era ordenado: Até um animal, se tocar o monte, será apedrejado. Na verdade, de tal modo era horrível o espetáculo, que Moisés disse: Sinto-me aterrado e trêmulo!”

Agora olhem para a reunião no Monte Sião, descrita nos versos 22-24:

“Mas tendes chegado ao monte Sião e à cidade do Deus vivo, a Jerusalém celestial, e a incontáveis hostes de anjos, e à universal assembléia e igreja dos primogênitos arrolados nos céus, e a Deus, o Juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados, e a Jesus, o Mediador da nova aliança, e ao sangue da aspersão que fala coisas superiores ao que fala o próprio Abel.”

Que contraste.

No Monte Sinai, tudo servia para enfatizar o abismo entre Deus e Seu povo. No Monte Sião, tudo nos encoraja a entrarmos com ousadia na presença de Deus. Lá no Monte Sinai, a própria cena é aterradora: fogo, trevas, escuridão. Aqui no Monte Sião está uma cidade reluzente, a Nova Jerusalém, o lugar onde Deus habita com o seu povo da aliança.

No Monte Sinai, os sons são aterrorizantes: tempestade, clangor da trombeta, palavras inefáveis. No Monte Sião está o som de um louvor exuberante e comemorativo.

No Monte Sinai hava uma reunião solene cheia de medo. Aqui no Monte Sião está uma alegre assembléia daqueles cujos nomes estão escritos para sempre no Livro da Vida do Cordeiro.

Lá no Monte Sinai havia uma imagem da inacessibilidade da presença santa de Deus. Mas aqui no Monte Sião há uma imagem de completo acesso à presença de Deus por meio de Jesus Cristo, o mediador.

Agora pense na sua igreja. Pense nas pessoas com quem você serve, vive e louva. Você esqueceu completamente o que a sua igreja é e o que ela faz aos domingos? Sua igreja local é uma manifestação visível e autêntica de todo o povo de Deus, de todas as épocas. Ela é parte da multidão celestial que nesse momento está adorando diante do trono de Deus. E nós queremos ser parte disso!

Pense a respeito desta reunião, considerando o seguinte:

Anjos. Nós estamos adorando com criaturas diante das quais seríamos tentados a nos curvarmos em terror e adoração, se pudéssemos vê-las.

Os espíritos dos justos-aperfeiçoados. Aqui estão os heróis de Hebreus 11 – Abraão, Moisés, Samuel e Davi – poderosos homens de Deus, poderosos profetas que confiaram em Deus, tão revestidos de poder que eles fecharam as bocas de leões e colocaram exércitos inimigos em fuga. Estamos adorando com eles.

Santos fiéis. Estes homens e mulheres que suportaram a tortura e se recusaram a serem libertos se isso comprometesse a confissão de fé deles. Eles escolheram o apedrejamento ou a decapitação quando eles poderiam ter negado Jesus. E se eles sobreviveram, alegremente abraçaram a pobreza, a privação e a perseguição. Eles temiam a Deus e tinham mais medo do pecado do que dos homens – tudo isso para que pudessem receber algo melhor. E quando nós adoramos, nos unimos a eles diante do trono de Deus, que continua a ser “um fogo consumidor” (verso 29).

Nós vamos a Jesus. Ele está lá, nosso mediador, que aspergiu o sangue que nos limpa do pecado. Seu sangue ” fala coisas superiores ao que fala o próprio Abel”. O sangue de Abel clamou por julgamento, mas o sangue de Jesus clama por misericórdia.

Domingo

Então, de volta à nossa igreja local no próximo domingo. Quando você entra e a música começa, a quê você está prestando mais atenção? É ao conjunto de músicas? Aos músicos? À mesa de som? A banda de louvor te deixa extasiado? A rotina te entedia?

Ou você percebe algo além disso tudo?

Sua igreja é uma manifestação autêntica de todo o povo de Deus que neste instante está adorando diante do trono de Deus. Esta é a realidade da adoração dentro da nova aliança. E quando nós começamos a envolver nossas mentes ao redor disso, me vêm à mente milhares de razões para se alegrar, para louvar e cantar; e também para renunciar a irreverência, a auto-exposição, o egoísmo, a superficialidade, desleixo e descaso.

Diante do Deus que é um fogo consumidor, nós não fazemos as coisas de qualquer jeito. Nós não demandamos nossas preferências artísticas. Nós não “meramente nos reunimos aos nossos amigos”. Nós não somente cantamos juntos. Como o povo de Deus, nós entramos na própria presença de Deus. Encontrar Deus desta forma é a própria natureza da igreja. Por definição, ser igreja é reunir-se na presença de Deus e louvar a Deus juntos. E quando nós começamos a cantar, nós nos unimos à gloriosa adoração que está acontecendo incessantemente diante do trono de Deus.

Isto é verdadeiro independentemente de como nos sentimos, de quem lidera o louvor, de quais canções cantamos ou de nossa opinião sobre como foi o momento de louvor. Há algo realmente incrível acontecendo no domingo!

Seja a igreja e vá à igreja. Algo eterno está acontecendo ali. Não perca isso.



Tradução: Daniel TC no iPródigo
Fonte: Jeff Purswell em Sovereign Grace Pastors College
---------------------------------------------------

Professor e líder evangélico é preso em Maringá por pedofilia

O professor foi pego em flagrante com uma criança de 10 anos, no interior de um caminhão

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) de Maringá prendeu em flagrante um professor e líder religioso de 48 anos acusado de pedofilia. De acordo com o promotor Laércio Januário de Almeida, o professor Juarez Aparecido Nogueira Gonçalves foi surpreendido no momento em que molestava uma menina de 10 anos no interior de um caminhão.

Ligado a uma igreja evangélica de Doutor Camargo, Gonçalves promovia campanhas para ajudar crianças. A denúncia de que ele praticava pedofilia foi levada ao Conselho Tutelar, pela mãe da suposta vítima. A mulher afirmou ter flagrado o homem se masturbando em uma conversa por vídeo no computador da filha.

No perfil de Gonçalves em uma rede social, mais de 90% dos contatos dele são menores de idade. Segundo o promotor, o acusado presenteava a criança com aparelhos eletrônicos, entre eles uma webcam, para que ela se exibisse para ele por meio da internet.

O encontro que possibilitou o flagrante foi marcado pelo telefone da menina. Conforme o promotor, o acusado já havia se encontrado outras vezes com a menina e ele estava sendo investigado há mais de um mês, quando o Ministério Público tomou conhecimento do caso.
Gonçalves está detido na sede do Gaeco na cidade.



Fonte: Redação RIC Mais - Maringá
-------------------------------

Fundamentalismo religioso pode ser tratado como doença mental, diz neurocientista

Pesquisadora da Universidade de Oxford diz que fundamentalismo poderá ser reconhecido como doença e tratado no futuro

O fundamentalismo religioso poderá um dia ser tratado como doença mental - e curado. Quem diz isso é Kathleen Taylor, pesquisadora em neurociência da Universidade de Oxford. A afirmação foi feita na última quarta-feira, 19, em um festival literário no Reino Unido. 

Quando foi questionada sobre o futuro da neurociência, Kathleen afirmou que “uma das surpresas pode ser ver pessoas com certas crenças como pessoas que podem ser tratadas”, descreveu o jornal Times of London.

“Alguém que se tornou, por exemplo, radical em relação a uma ideologia - podemos deixar de ver isso como uma escolha pessoal resultante do puro livre-arbítrio e podemos começar a tratar isso como algum tipo de distúrbio mental”, disse a pesquisadora. “De várias formas isso pode ser uma coisa muito positiva porque sem dúvida as crenças em nossas sociedade podem provocar muitos danos.”

A autora deixou claro que não estava se referindo apenas ao fundamentalismo islâmico, mas também a cranças como a de que espancar crianças é aceitável.

Kathleen é autora do livro Brainwashing: The Science of Thought Control (Lavagem cerebral: a ciência do controle de pensamentos, em tradução livre), em que explora a ciência por trás das táticas de persuação de grupos como a Al Qaeda. “Todos nós mudamos as nossas crenças. Todos nós persuadimos uns aos outros para fazer coisas; todos nós assistimos publicidade; somos todos educados e experimentamos religiões; a lavagem cerebral é o extremo disso; é coercitiva, forte, um tipo de tortura psíquica”, disse ela em um vídeo no YouTube. A pesquisadora também é uma das que se preocupam com a ética de se aprofundar muito no cérebro humano, como as tecnologias que podem escanear ou manipular neurônios.



Fonte: Revista Galileu
-------------------

Ministério Público quer retirada de placa em cidade com frase "Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo"

Promotor alega que placa fere o princípio constitucional do Estado laico

O prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB) vai responder uma ação civil pública protocolada ontem pelo promotor Jorge Alberto Marum, na Vara da Fazenda Pública, por não retirar o totem com os dizeres "Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo", marco religioso existente na entrada da cidade, na ligação da rodovia Senador José Ermírio de Moraes (Castelinho) com a avenida Dom Aguirre. Para o Ministério Público, a placa fere o princípio constitucional do Estado laico - Estado que não adota uma religião oficial -, além ainda de questões urbanísticas, já que não existe autorização municipal para instalação do totem na praça pública. 

Curiosamente nesta semana, o vereador Pastor Apolo (PSB), protocolou na Câmara de Sorocaba um projeto de lei para denominar a mesma praça com os dizeres do marco religioso, "Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo". Caso a liminar seja acatada pela Justiça, a Prefeitura de Sorocaba precisará retirar o totem em 24 horas - após dada decisão do juiz -, com multa de R$ 1 mil por dia pelo descumprimento. A ação tem valor simbólico de R$ 10 mil, multa que será aplicada no chefe do Executivo, se houver condenação. 

Durante o inquérito civil, aberto após representação, o promotor Jorge Alberto Marum tentou fazer uma acordo com a Prefeitura de Sorocaba, ao propor que os dizeres do marco religioso fossem substituídos por uma saudação às pessoas que chegam e saem de Sorocaba. Depois de 60 dias, dois prazos de 30 dias dados pelo MP, a Prefeitura de Sorocaba comunicou a promotoria que a frase contida no totem seria mantida integralmente. Além disso, o município ainda confirmou que a placa está instalada em local público e sem a devida permissão, bem como não informou ao MP sobre quem instalou o monumento no local e se houve utilização de verba pública para sua instalação e manutenção. 

De acordo com Marum, os dizeres afrontam a liberdade de consciência e crença (inciso VI do artigo 5º da Constituição Federal), além ainda da proibição da União, Estados e Municípios da subvenção de cultos religiosos e igrejas (inciso I do artigo 19, da Constituição Federal) -princípio do Estado laico. "É evidente que o endosso estatal de qualquer expressão religiosa implica, necessariamente, em injustificado tratamento desfavorecido em relação àqueles que não abraçam o credo privilegiado, rebaixados que são à condição de cidadãos de segunda categoria, a exemplo do que ocorria, com judeus e protestantes em tempos que não deixaram saudades", lembrou o promotor.

Segundo o representante do MP, os dizeres da placa não traduzem as mensagens de boas-vindas, comuns nas cidades brasileiras e tampouco homenagens a ícones religiosos, como por exemplo Estado do Espírito Santo ou avenida São João. Para Marum, a frase é uma afirmação triunfante de que a cidade de Sorocaba pertence a Jesus Cristo. "Ora, por mais respeito e devoção, repita-se, que mereça a figura de Jesus, a cidade de Sorocaba não lhe pertence e sim à República Federativa do Brasil...Uma igreja ou conjunto de igrejas não pode ocupar espaço público para afirmar que a cidade pertence a Jesus, pois este não lhe pertence, e sim a todo o povo. E isso, sem autorização do pode competente, como se a expressão da fé religiosa não precisasse respeitar o espaço público."

Mérito

No mérito da ação, quando é dada a sentença, a Prefeitura precisará retirar a placa - caso a liminar não tenha sido acatada - e está proibida de dar autorização ou instalar em qualquer espaço público totem ou placa semelhante ao existente - afirmando ter posse da cidade -, de religião, entidade, divindade ou ícone religioso.

Apenas para dar nome

O vereador Pastor Apolo (PSB) informou ontem, por meio de nota, que o local é uma área verde pertencente ao município e não possui nome e que sua proposta não teve intenção de tentar regularizar a manutenção do totem no local, após ação proposta pelo MP. Sobre quem pagou ou instalou a placa no local, o parlamentar, que pertencente à Igreja Quadrangular, disse que esta informação não lhe compete, tendo em vista que seu mandato teve inicio em janeiro deste ano, data em que o totem já estava instalado.

A Secretaria de Governo e Relações Institucionais (SGRI) informa que a Prefeitura ainda não foi notificada sobre a ação. Entretanto, afirma que o prefeito Antonio Carlos Pannunzio não vê qualquer razão para a retirada do totem daquele local. Em sua opinião, e com o devido respeito à diversidade de crenças, o totem não representa ofensa ou se traduz em infração a uma regra legal.



Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul
-------------------------

A alegria da oração respondida

"Em verdade, em verdade vos digo: se pedirdes alguma coisa ao Pai, ele vo-la concederá em meu nome. Até agora nada tendes pedido em meu nome; pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja completa" (João 16. 23-24).

"Até agora nada tendes pedido em meu nome". Esta afirmação foi feita por Jesus aos seus discípulos em meio ao anúncio de tempos de adversidade e perseguição. Durante esses tempos difíceis, Jesus orientou que eles deveriam pedir (Leia também: Lucas 11.9). Mas, a quem pedir? Em nome de quem pedir? Com qual objetivo pedir? Jesus traz um claro ensino para produzir alegria no coração do seu povo.

Pedido ao Pai

Em primeiro lugar, o pedido deve ser feito ao Pai ("se pedirdes alguma coisa ao Pai") A oração de Jesus sempre foi feita ao Pai. Quando ensinou a conhecida oração do Pai nosso (Mateus 6.9ss), começou orientando: "Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto" (Mateus 6.6). Ao Pai ele agradeceu (Mateus 11.25), intercedeu (João 17.11) e abriu seu coração no momento mais difícil de sua vida (Mateus 26.39). Dirigir-se ao Pai exige muita confiança, razoável intimidade, total dependência e completa humildade. Assim deve ser toda oração que fazemos.

Em nome do Filho

Também recomendou que o pedido deve ser feito em nome do Filho ("ele vo-la concederá em meu nome"). Acrescentar as palavras "em nome de Jesus" ao final das orações não pode ser visto como uma fórmula mágica. Orar em nome de Jesus é orar segundo a sua vontade: "E esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que alcançamos as petições que lhe fizemos" (1 João 5.14-15). É orar com sua autoridade: "em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados" (Marcos 16.17-18). É também orar com propósito: "vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça, a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vos conceda" (João 15.16). É orar para glorificar ao Pai: "E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho" (João 14.13).

Com o discernimento do Espírito Santo 

Por último, o pedido deve ser feito no discernimento do Espírito Santo ("pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja completa") O pedido tem que ser aquele que produz alegria plena, completa e verdadeira. Com muita lucidez, William Shakespeare disse: "Aprendi que deveríamos ser gratos a Deus por não nos dar tudo que lhe pedimos". A verdade é que nem tudo o que pedimos nos trará alegria. Por essa razão, precisamos de muito discernimento sobre como pedir. Percebendo isso, Tiago foi direto ao afirmar: "Nada tendes, porque não pedis; pedis e não recebeis, porque pedis mal, para esbanjardes em vossos prazeres" (Tiago 4.2-3). Por sua vez, Paulo declarou que não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis (Romanos 8.26). É o Espírito Santo quem guia nossa oração para que seja cheia de discernimento. Precisamos, pois, depender dele inteiramente para nos ensinar a pedir. (Medite: Mateus 26.39; 2 Coríntios 12.8)

A Trindade está envolvida na oração. Pedindo ao Pai, em nome do Filho, na direção do Espírito nos levará a orações respondidas. E orações respondidas trazem alegria completa e contagiante!



Fonte: Rodolfo Garcia Montosa no Instituto Jetro
--------------------------------------------

Jesus em lugares nada comuns...

O blog já mostrou pessoas que acreditam ter visto a imagem de Jesus em nota fiscal, parede mofada, porta de igreja, roupa queimada, pub, tortilla, tomate podre, montanha...

Mas agora um "fiel" foi longe demais. Um internauta postou foto no site "Reddit" afirmando que Jesus apareceu no corpo do seu cão. Em uma parte nada nobre:



Fonte: Page not found
-------------------

Olhe mais vezes ao seu redor

Olhe ao redor, procure o aflito,
e ofereça-lhe o abraço de Jesus, 
através dos seus braços.

Olhe ao redor, procure o triste,
e ofereça-lhe o sorriso de Jesus, 
através dos seus lábios.  

Olhe ao redor, procure o desesperançado,
e ofereça-lhe as doces palavras de Jesus, 
através do seu papo.

Olhe ao redor, procure o marginalizado,
e ofereça-lhe a aceitação de Jesus, 
através do seu olhar.

Olhe ao redor, procure o crítico costumaz,
e ofereça-lhe o amor de Jesus, 
através do silêncio que pacifica.

Olhe ao redor, procure o legalista,
e ofereça-lhe a graça de Jesus que acolhe a todos, 
através de suas atitudes.

Olhe ao redor, procure o que perdeu o rumo,
e ofereça-lhe o caminho que é Jesus, 
através da sua vida!

Quando olhamos ao redor, 
cumprimos o chamado de servir ao próximo e, 
esquecemo-nos de nós mesmos e de nossas dores, 
assim, aprendemos a lição da humildade 
e antecipamos a alegria terapêutica 
de carregarmos as cargas 
uns dos outros em amor-atitude.


Autor: Lu Rodrigues
-------------

Morre jovem anoréxica que recusou tratamento por sua religião

Antonella Mirabelli tinha 19 anos e pesava 35 quilos. A jovem se recusava a receber ajuda médica, apesar de o pai, divorciado de sua mãe, ter recorrido à Justiça várias vezes para que fosse internada involuntariamente. Sua mãe e sua avó eram contra o tratamento. Estavam convencidas de que Deus era tudo que a garota precisava. No domingo, Antonella foi achada morta, em sua cama, na casa da família, na cidade de Rosario del Tala. O caso gerou polêmica na Argentina e, agora, o pai pede a guarda das outras filhas.

Christian Mirabelli acusou a Justiça de não ter impedido a morte da jovem e exige que suas outras seis filhas, entre seis e 17 anos, permanecem sob sua custódia e tenham acesso a cuidados médicos garantido quando necessário. Os pais de Antonella se separaram há seis anos, quando, segundo familiares, a mãe se juntou a um grupo religioso fundamentalista que prega que Deus é o único que atende a todas as necessidades, físicas e espirituais do ser humano.

De acordo com informações do jornal “El Tiempo”, o grupo reúne apenas 30 pessoas em Rosario del Tala, não tem nome, é liderado por Cielo Roca, avó de Antonella, e não responde a nenhuma religião. Eles não são Testemunhas de Jeová, nem católicos e evangélicos. Segundo a família, a avó recebia visões e revelações divinas e transmitia a seus seguidores.

Após a notícia da morte de Antonella, sua mãe, Veronica Rodriguez Roca, postou em sua página no Facebook uma carta na qual ele agradeceu o promotor do caso, Samuel Elvio Rojkin, e a juíza Elina Corral por não autorizar o pedido do pai.

“Obrigada por permitir exercer a lei com toda a liberdade dos direitos individuais das pessoas, permitindo que minha filha fizesse a vontade dela, já que ela permaneceu firme em sua fé até o momento da sua partida”, escreveu.

Natalia Mirabelli, tia de Antonella, contou que em setembro passado o pai da menina, que é enfermeiro, apresentou uma queixa à Defensoria de Pobres e Menores da Argentina para advertir sobre a deterioração da saúde de sua filha mais velha. A Justiça decidiu respeitar a decisão de Antonella, que, no entanto, concordou em comparecer a uma consulta terapêutica.

- No mesmo dia em que ela estava indo à primeira consulta psicológica, a avó e as tias maternas foram ao hospital e a tiraram de lá. Elas se opõem a qualquer tipo de assistência que não seja de Deus - disse Natalia.

O promotor Rojkin, que interveio no caso, argumentou que foi feito de tudo para salvar a Antonella, mas que o Estado não podia internar à força em um centro médico uma mulher maior de idade e “no uso de suas faculdades mentais”. Segundo a tia, porém, a Justiça havia recebido um relatório do hospital psiquiátrico da província da jovem no qual se identificou a necessidade de uma internação em caráter de urgência.



Fonte: O Globo
------------

Após 37 anos, organização de 'cura gay' pede desculpas e encerra suas atividades

A organização Exodus International, a maior do mundo dedicada à "cura gay", está encerrando suas atividades após 37 anos. 

Em uma carta à comunidade homossexual, bissexual e transexual, o líder da entidade missionária, Alan Chambers (foto acima), pediu "desculpas pela dor e pelo sofrimento" que ele e a organização causaram a muitas pessoas. Chambers admitiu ser gay:

"Vários anos atrás eu, de forma conveniente, omiti minha atração pelo mesmo sexo. Eu tinha medo de dividir isso. Hoje, entretanto, aceito esse sentimento como parte da minha vida", escreveu ele, de acordo com trecho da carta publicada pelo site "Gawker".

Chambers disse que a organização cristã que lidera terá uma outra diretriz a partir de agora.



Fonte: Page not found
--------------------